Brumado Urgente

Brumado Urgente


Rock, pop e sertanejo encerram Festival de Inverno Bahia 2015

Segunda | 31.08.2015 | 10h28


As bandas RPM e Jota Quest, além da dupla Fernando e Sorocaba encerraram o FIB 2015 (Foto: Laécio Lacerda)

As bandas RPM e Jota Quest, além da dupla Fernando e Sorocaba, foram as atrações do último dia do Festival de Inverno 2015. O público reviveu sucessos do RPM, o baile da pesada do Jota Quest, além do sertanejo de Fernando e Sorocaba. Veja os melhores momentos. 

RPM
A banda abriu os shows da última noite. Quando ser rock n'roll no Brasil dos anos 80 era estar na crista da onda, uma das bandas mais requisitadas, ouvidas e tocadas era, sem dúvida, o RPM. Na segunda metade daquela década, o grupo conseguiu bater todos os recordes de vendagens da indústria fonográfica brasileira. A apresentação, que mesclou a música eletrônica e pop-rock, um dos traços característicos da banda, começou ao som de "Dois Olhos Verdes", trabalho de 2011. Logo em seguida, o grupo abriu o baú de sucessos com "Loura Gelada", intercalando novas composições a outros hits obrigatórios: "Revoluções Por Minuto",  "London, London", "A Cruz e a Espada", "Olhar 43" e  "Alvorada Voraz". Os conhecidos primeiros acordes de "Rádio Pirata" levaram o público do Festival ao delírio.

Pouco antes de entrar no palco, o líder do RPM, Paulo Ricardo falou sobre sua estreia no FIB: "este é um festival de superlativos. Poder dividir a noite com o Jota Quest e a dupla Fernando e Sorocaba mostra o quanto nós brasileiros somos múltiplos", disse. Confira aqui a entrevista. A banda fez um panorama pela sua produção, executando desde "Vida Real", tema do programa Big Brother Brasil, até "Juvenília", sucesso de 1985, passando por músicas instrumentais do album "Rádio Pirata ao vivo". Mostrou também canções do CD duplo Elektra, além de “Primavera Tropical”, feita durante as manifestações do ano passado, na melhor tradição de letras engajadas do RPM. “Elektra”, lançado no final de 2011, é o primeiro álbum de estúdio em 23 anos. Para a as amigas, Milena, Carol e Patrícia, a melhor música de todo o show do RPM foi "Olhar 43". 

Jota Quest 
A segunda atração da noite, recriou bailes-black dos anos 70/80 com a turnê "Funky Funky Boom Boom". Um desenho animado produzido nos anos 1960 sobre um garoto que acompanha seu pai em magníficas aventuras pelo mundo produziu mais do que sonhos na cabeça de muitas crianças: fez um grupo de jovens mineiros usarem o pequeno Jonny Quest como nome-inspiração para uma das bandas mais populares das últimas décadas. O Jota Quest inflamou o público com as músicas da turnê de seu mais recente trabalho "Funky Funky Boom Boom", que registra mais de 150 apresentações desde a estreia, em março de 2014.  Com releituras suingadas de seus grandes sucessos, recriando o ambiente quente e divertido dos bailes-black dos anos 70/80, apoiados por cenário e iluminação retro-futurista, o Jota não deixou de lado suas principais referências, como o inesquecível Tim Maia. Entre músicas do novo repertório, como "Reggae Town" e "Waiting For You (Party On)", não faltaram grandes momentos e grandes canções para quem veio ver as suas músicas preferidas: "Dias Melhores", "Amor Maior", "O Sol", "Só hoje", "Além Do Horizonte", "De Volta ao Planeta dos Macacos" e "As dores do Mundo". O "Baile da Pesada" dos mineiros seguiu a onda dançante durante toda a apresentação, mantendo a energia em alta do iníco ao fim. Na voz inconfundível de Rogério Flausino, a banda Jota Quest mostrou na última noite do Festival que o amor maior de que a música descreve é poder tocar o coração de todos com canções que mexem do jeito certo com o público, seja para abraçá-lo carinhosamente ou aluciná-lo na pista de dança. E foi com essa mesma energia fantástica de aventuras que a banda Jota Quest se apresentou na última noite do FIB 2015. Fácil, fácil o público entrou no clima. Veterana no Festival de Inverno Bahia, a banda já passou pelo Palco Principal em três edições, a última em 2013. Sempre na moral. Este ano, o grupo não fez menos.

Fernando e Sorocaba
A dupla sertaneja fechou as apresentações do último dia do Festival de Inverno. Misturando música, entretenimento e algumas brincadeiras que os colocam em contato direto com o público - como uma bolha que os leva para cima da plateia -  o show da dupla Fernando e Sorocaba neste domingo foi o mesmo que já percorreu o país inteiro, além dos Estados Unidos, Europa e América Latina. om um repertório autoral repleto de hits, aliado a muita tecnologia, ilusionismo e efeitos especiais, a versatilidade da dupla trouxe para o Parque de Exposições Teopompo de Almeida a força de um dos gêneros mais populares da atualidade. Cantando todas as músicas do início ao fim, o público que se concentrou em peso em frente ao palco principal da festa pôde ver e ouvir ao vivo sucessos como "Previsão do Tempo", "Bobeia Pra Ver", "Gaveta", "Fica comigo" e "O Que Cê Vai Fazer". (gshow)

Comentários


Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.