Brumado Urgente

Brumado Urgente


Brumado: Comerciantes indignados com a permissão da realização da Feira do Brás

Sábado | 30.05.2015 | 13h39
Autor: Brumado Urgente


A realização da Feira do Brás em Brumado, desta feita gerou protestos agudos por parte dos comerciantes locais (Foto: Brumado Urgente)

Os preços convidativos da região do Brás e da 25 de março em São Paulo são um senso comum no Brasil, contudo, muitas vezes as mercadorias ofertadas nestes locais são de procedência duvidosa, algumas até mesmo sendo proveniente de contrabando e outras tantas, por vezes, produzidas pelo trabalho escravo e infantil. Atento as estes aspectos, os comerciantes brumadenses voltam a questionar, desta feita com maior veemência, a realização de mais uma Feira do Brás em Brumado, que está acontecendo neste final de semana. Vários comerciantes entraram em contato com a redação do Brumado Urgente e, num coro estridente esbravejaram que “pagamos impostos, e, diga-se de passagem, altíssimos, aluguel, água, luz, funcionários e muitos outros tributos, além de impulsionarmos a economia local, gerando, sobretudo, emprego e renda, além do que todos os recursos gastos no comércio local são reinvestidos no próprio município” e subindo o tom dispararam que “diante disso, não achamos justa a autorização feita pela prefeitura para realização desta feira aqui em Brumado, pois, eles chegam vendem, arrecadam o dinheiro e vão embora, sem comprar no município um único prego, e quem de fato impulsiona a economia local fica a ver navios”. Fato é que o comércio local emprega a grande maioria dos trabalhadores do município e uma baixa neste tão importante setor da economia, acabará tendo um efeito sequencial negativo, que pode representar principalmente o desemprego. 

Comentários


Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.