Brumado Urgente

Brumado Urgente


Fórum das ADs indica deflagração da greve nas Universidades Estaduais

Quarta | 29.04.2015 | 16h20
Autor: Ascom Adusb


Reunião do Fórum das ADs realizada em Vitória da Conquista no dia 27 de abril

Em reunião do Fórum das ADs, realizada nessa segunda (27), os(as) professores(as) indicaram a deflagração da greve. A avaliação é de que a proposta apresentada pelo governo Rui Costa (PT) não atende a pauta de reivindicações da categoria. As assembleias para discussão da greve acontecerão no dia 7 de maio nas quatro Universidades. Na Uesb, os(as) professores(as) se reunirão no campus de Itapetinga. Pressionado pela mobilização do dia 8 de abril, o governo recebeu o movimento na última sexta (24). Os representantes propuseram verbalmente a suplementação de R$ 6,679 milhões para a verba de pessoal. Os recursos seriam utilizados para o pagamento de promoções com vagas e progressões. Contudo, o montante não atende a todos os processos. As mudanças de regime de trabalho e as promoções sem vagas no quadro também não estão contempladas. O governo petista deixou claro que não tem intenção de ampliar o quadro de vagas, nem destinar 7% da receita líquida de impostos para o orçamento. Desse modo, as promoções sem vagas no quadro e a realização de concursos públicos não acontecerão. O Fórum das ADs entende que os(as) professores(as) não podem aceitar o fato de terem direitos garantidos pelo Estatuto do Magistério tratados pelo governo como concessão. Promoções, progressões e mudanças de regime de trabalho devem ser garantidas em sua integralidade. “Chegou a hora dos trabalhadores e trabalhadoras perderem a paciência”, defendeu a presidenta da Adusb, Márcia Lemos, sobre o processo a nível nacional de restrição de direitos. Como se não fosse o bastante, a situação financeira das Universidades Estaduais é insustentável. Faltam professores(as), materiais em setores administrativos, diárias não são pagas e recursos aprovados de projetos não são repassados. As atividades de ensino, pesquisa e extensão podem parar no decorrer do ano por falta de recursos. Diante dessa situação, o Fórum das ADs protocolará nas secretarias do governo um ofício comunicando que indicará a deflagração da greve nas quatro Universidades Estaduais. É preciso lembrar ainda que os representantes governamentais presentes na reunião com o Movimento assumiram o compromisso de enviar, no dia 27 de abril de 2015, um documento apresentando oficialmente a proposta para a pauta de reivindicações. Entretanto, até o momento o Fórum das ADs não teve retorno. A assembleia da Adusb para avaliar a reunião com o governo e a greve acontecerá no dia 7 de maio na Uesb campus de Itapetinga, no auditório Juvino Oliveira às 14:30. O sindicato disponibilizará transporte a todos(as) professores(as) de Jequié e Vitória da Conquista que desejarem participar da atividade. 

Comentários


Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.