Brumado Urgente

Brumado Urgente


Vigilante de banco é preso após tentar assaltar o próprio local de trabalho

Sábado | 29.11.2014 | 14h04
Autor: Informações do Voz da Bahia.


(Foto: Divulgação Polícia Civil)

O vigilante Lucinei Rezende de Souza, de 24 anos, está preso após ser acusado de tentar roubar o seu próprio local de trabalho, a agência do Banco do Nordeste de Teixeira de Freitas. Segundo as acusações, o vigilante contratado da empresa STARVIG, teria usado a arma que portava no trabalho e objetos amarrados ao corpo dizendo ser explosivos, para obrigar o gerente da agência a abrir o cofre. Nei, como é conhecido, desistiu do roupo após perceber que um outro segurança do banco chegou para trabalhar. No intuito de se livrar da acusação, ele fugiu para Medeiros Neto, onde procurou a Delegacia da Polícia Civil local e se entregou alegando que foi forçado a cometer a ação. Sem consegui provar o afirmou, Lucinei foi detido e recambiado à sede da 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas, onde permanece detido à disposição da Justiça, inclusive já tendo sido indiciado por crime de roubo tentado. Segundo o sistema Infoseg, que reúne informações das secretarias de segurança pública de todo o país, o jovem já havia sido condenado em 2011 a uma pena de 5 anos e 4 meses de prisão por crime de roubo com uso de arma de fogo. O que não se sabe é como uma empresa de segurança contrata uma pessoa já condenada por roubo para trabalhar em uma instituição financeira.

Comentários


Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.