Brumado Urgente

Brumado Urgente


Brumado: Vereadores intensificam ações para o cumprimento da Lei dos 15 minutos

Édio Pereira e Weliton Lopes não vêm medindo esforços para que a Lei seja aplicada na sua integralid

Quarta | 30.04.2014 | 20h01
Autor: Daniel Simurro / Brumado Urgente


Os vereadores já estão com o Check List dos serviços bancários pronto para ser executado (Foto: Brumado Urgente)

As filas e a demora no atendimento dos bancos em Brumado estão com seus dias contados, isso porque, os vereadores Weliton Lopes (SDD) e Édio Pereira (PC do B) uniram forças e conseguiram o apoio do Legislativo como um todo na busca de atender um dos grandes anseios da sociedade brumadense que é ir aos bancos sem ficar horas esperando o atendimento. Eles que já elaboraram um novo projeto que foi aprovado e se tornou Lei, mas que, até o momento estaria como uma “letra morta”, continuam com suas “diligências”, colocando em prática uma agenda positiva que, ao que tudo indica, alcançará os resultados esperados. Na sessão da última segunda-feira (28), o Brumado Urgente falou com o vereador Weliton Lopes que fez questão de citar um grande avanço nessa situação que foi a questão do “check list”, ou seja, a verificação do cumprimento das obrigações impostas aos estabelecimentos bancários de Brumado. “Esse check list é muito importante para que as nossas ações tenham a efetividade que pretendemos, já que ele nos proporcionará todas as informações que precisamos das instituições bancárias que atuam em Brumado”, destacou o parlamentar. Nessa verificação, que está sendo feita em forma de questionário, os bancos darão todas as informações que estão sendo solicitadas para que as “blitzes” que serão efetuadas pelos dois vereadores com apoio da comunidade tenham o efeito esperado. “Sabemos que o anseio da nossa população é grande para que a Lei dos 15 Minutos se torne uma realidade e não vamos descansar enquanto isso não aconteça”, finalizou o vereador Weliton Lopes. 

Os vereadores Édio Pereira e Weliton Lopes não descansarão enquanto a Lei não for aplicada em sua integralidade (Foto: Daniel Simurro / Brumado Urgente)

Comentários


Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.