Brumado Urgente

Brumado Urgente


Brumado: Mais um acidente grave na Av. João Paulo I na noite desta terça-feira (29)

Terça | 29.04.2014 | 21h52
Autor: Daniel Simurro / Brumado Urgente


A Hilux foi atingida pela motocicleta bem na porta do motorista (Foto: Brumado Urgente)

A questão já tinha sido abordada com muito critério e responsabilidade pelo vereador José Carlos de Jonas na sessão desta segunda-feira (28) e reportada pelo Brumado Urgente, que acabou funcionando como uma espécie de informação profética, já que na noite desta terça-feira (29), por volta das 08h10m, mais um acidente grave aconteceu na Av. João Paulo I, desta feita ao lado da Clínica de Hemodiálise. Segundo as primeiras informações uma Hilux preta que estava sendo conduzida por um filho de um empresário do ramo da panificação acabou colidindo fortemente com um motociclista, que se chocou com a porta onde estava o motorista, que, possivelmente estava sem o cinto de segurança, já que acabou se chocando com a parte frontal onde fica a direção. Ainda segundo informações preliminares os dois ficaram muito feridos e tiveram que ser transferidos imediatamente para o Hospital Magalhães Neto, que fica muito próximo ao local do acidente. O impacto da colisão foi alto, tanto que a Hilux acabou invadiu uma residência ao lado. O acidente vem comprovar a grande visão do vereador José Carlos de Jonas e também deixar claro e evidente que medidas urgentes têm que ser tomadas pelo setor de Superintendência Municipal de Trânsito visando à dinamização da sinalização no local, como também a instalação de redutores de velocidade. A instalação de semáforos também seria uma ação muito positiva, segundo o próprio vereador, que vem se mostrando muito preocupado com a situação. Outra informação na confirmada é que o motorista da Hilux seria menor de idade e que o seu estado inspira cuidados, sendo que ele poderá ser transferido para uma UTI ainda hoje. 

Comentários

01.05.2014
Junior Lima
Concordo plenamente com viviane. A falta de educação é qque leva a imprudência no trânsito. Vai acontecer mais acidentes. Hoje mesmo aconteceu próximo ao posto shel no semáforo ou seja não respeitam nada.
30.04.2014
Lígia
A nossa cidade é muito bem sinalizada. O problema está nos condutores irresponsáveis e imprudentes, principalmente os motociclistas que acreditam ter privilégios no tráfego, pois são raros os que obedecem às leis de trânsito.
30.04.2014
Anonimo
"Grande visao do vereador Jose Carlos de Jonas" Ri muito nessa parte, mas falta sim um pouco mais de infraestrutura ali, e concordo com Vivianne, esse menino dirige igual um retardado nas ruas de Brumado, tem muitos outros de menor que dirige bem e tudo, então a questao nao seria tanto a idade, mas sim o modo de conduzir um veiculo, pois caso nao seja correto, esse pode virar uma arma de alguem que nao sabe ultilizar, como o que ocorreu.
30.04.2014
Marcos Gama
A questão do trânsito em Brumado é a falta de educação, são "motoqueiros" e condutores de carro que andam peças ruas como se estivessem em uma pista de corrida e estes para aprenderem tem que ser punidos severamente seja judicialmente ou financeiramente tanto os pais que liberam seus carros e motos para seus filhos menores ou as pessoas maiores que não possuem habilitação. E os responsáveis pelo trânsito também tem que fazer a sua parte com fiscalizações mais eficientes. Do jeito que está veremos mais e mais acidentes como os que já aconteceram
29.04.2014
Vivianne
Será que ação é essa mesmo??? Me corrijam se eu estiver errada, mas até onde eu sei, menores de idade não são autorizados a conduzir veículos, ou só porque é filho de empresário que tem essa exceção??? Quando vi a foto já imaginei quem seria, essa garoto anda pela ruas da cidade com se estivesse disputando uma corrida de fórmula 1. Aí volto a questão, instalar redutores de velocidade vai acabar com o problema? Instalar um semáforo naquela rua para aumentar o número de assaltos, ter outros casos.de.seqüestro?? Se essa for a solução então a cidade toda terá que ganhar esses realizadores. As pessoas tem que tratar a causa raiz, o problema não esta na infra estrutura e sim na falta de educação, conscientização dos condutores.