Brumado Urgente

Brumado Urgente


Cândido Sales: Paciente morre com suspeita de febre amarela

Sexta | 31.03.2017 | 11h51
Autor: Bahia Notícias


O primeiro caso de morte por suspeita de febre amarela na Bahia ocorreu em Cândido Sales, na região de Vitória da Conquista, no sudoeste. A informação foi confirmada nesta sexta-feira (31) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Entretanto, segundo a pasta, trata-se de caso importado. O paciente era oriundo da cidade de Téofilo Otoni, em Minas Gerais, e veio à óbito na cidade baiana. Até o momento não há morte confirmada da doença na Bahia. O último boletim epidemiológico registra 16 casos notificados, sendo que nove estão sob investigação e sete foram descartados. Em nota, o Ministério da Saúde informou que liberou, nesta quinta-feira (30), R$ 19,2 milhões para 526 cidades afetadas pela doença nos estados de Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Bahia e São Paulo. Além dos municípios, as Secretarias Estaduais de Saúde (SES), dos respectivos estados, também irão receber. Os valores deverão ser aplicados em ações de prevenção na área de vigilância para a febre amarela. O recurso foi definido a partir da estimativa da população a ser vacinada em cada município, com base nos valores per capita estabelecidos para o repasse do Piso Fixo de Vigilância em Saúde.

Leia a íntegra da Nota da Sesab:

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) esclarece que o óbito notificado no sistema do Ministério da Saúde refere-se a um caso importado de Minas Gerais, no qual o paciente foi contaminado e residia em Teófilo Otoni (MG), tendo vindo a óbito no município de Cândido Sales, na Bahia. Informamos que até o momento a Bahia não possui nenhum caso confirmado de Febre Amarela. O último boletim epidemiológico registra 16 casos notificados, sendo que nove encontram-se em investigação e sete foram descartados.

Comentários


Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.