BUSCA PELA CATEGORIA ""

Temer promete tolerância zero a traições em votação de denúncia na Câmara

  • 23 Out 2017
  • 10:00h

Para reter apoio no plenário da Câmara dos Deputados, o governo de Michel Temer vai endurecer o discurso com sua base aliada e oferecer o apoio da máquina federal nas eleições de 2018 apenas aos deputados que votarem para barrar a segunda denúncia contra o presidente na quarta-feira (25). Em conversas com parlamentares governistas, ministros e líderes partidários passaram a dizer que traições e omissões na votação desta semana não serão toleradas. Eles avisam que aqueles que ficarem contra Temer serão tratados como oposicionistas até o fim de seu mandato –e, portanto, não terão acesso a cargos e à estrutura do governo federal em 2018. O ponto central do discurso do Planalto é o de que a votação da próxima quarta será a última oportunidade que os deputados terão para demonstrar fidelidade ao presidente e colher recompensas antes do ano eleitoral. Nos próximos dias, os articuladores do governo reforçarão a ameaça de demissão dos aliados daqueles parlamentares que votarem contra Temer. A promessa é de que esses deputados não terão direito a novas nomeações o fim do atual governo. Trata-se de uma reedição da estratégia adotada pelo Planalto na votação da primeira denúncia apresentada pela PGR (Procuradoria-Geral da República) contra o presidente, em agosto. Na ocasião, o governo também ameaçou retirar cargos de quem votasse contra Temer e demitiu, de fato, uma centena de aliados desses parlamentares. No entanto, o Planalto deixou a porta aberta para reaproximações.

TOLERÂNCIA ZERO

Agora, ministros e líderes da base aliada querem uma política de "tolerância zero". Eles dizem que os deputados que votarem a favor do prosseguimento da denúncia por organização criminosa e obstrução da Justiça contra Temer devem passar a ser tratados como adversários. "Quem votar contra o presidente Temer escolheu ser oposição. Ainda mais com base nessa denúncia, absolutamente inepta e fruto de uma grande armação", afirma o deputado Baleia Rossi (SP), líder do PMDB. O discurso mais duro é a principal estratégia dos articuladores políticos de Temer para evitar defecções que poderiam reduzir a margem de votos a favor do presidente no plenário, em comparação com a primeira denúncia. O governo tenta conter dispersões em sua base de sustentação que possam colocar em risco a aprovação de projetos de interesse do Planalto –em especial, medidas de ajuste fiscal com impacto no Orçamento do ano que vem. Auxiliares de Temer reconhecem que sua coalizão é cada vez mais enxuta, mas acreditam que, apesar da impopularidade do presidente, a força da máquina pública ainda pode ser um fator de agregação de deputados em torno do governo em 2018.

 

MAPEAMENTO

O Planalto começou a traçar no fim de semana um mapa final com as projeções para a votação de quarta-feira. As previsões mais otimistas são de que Temer tende a repetir o placar da primeira denúncia, quando 263 deputados foram favoráveis ao presidente e barraram o andamento da ação. Alguns aliados estimam que o governo pode até superar esse número. No próprio PMDB, por exemplo, três parlamentares que não estiveram na primeira votação prometeram marcar presença na sessão desta semana –e devem registrar votos a favor do presidente. Temer recebeu auxiliares no Palácio do Jaburu e no Palácio da Alvorada neste domingo (22) para discutir os últimos movimentos antes da votação em plenário. Ele se reuniu com os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil), Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência), Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo), Henrique Meirelles (Fazenda) e Dyogo Oliveira (Planejamento), além de líderes de governo. O presidente e seus auxiliares tentarão assegurar os votos de cerca de 20 deputados que ameaçam votar contra o governo. Temer vai passar os próximos dias recebendo líderes, em reuniões amplas e em conversas separadas.

O presidente liberou nas últimas semanas dezenas de nomeações que estavam represadas em diversas instâncias do governo para atender às demandas de parlamentares insatisfeitos. Outras indicações devem ser contempladas nos próximos dias, segundo líderes da base.

CONTINUE LENDO

Taisan Auto: Chegou o Fox i Trend, completo.

  • 21 Out 2017
  • 11:22h

Corre para a Taisan que acabou de chegar o Fox i Trend 2012/2013, completo e com o IPVA 2017 pago pra já sair dirigindo por ai. O Fox, além de ser um carro completo e confortável é ideal para você e sua família viverem os melhores momentos com segurança. Venha até a nossa loja, temos sempre as melhores opções para você. Quando for pensar em trocar e/ou comprar um carro, passa na Taisan e confira as melhores condições e os melhores carros. Estamos localizados na Av. Centenário, 853, Novo Brumado- Brumado-Bahia, fone; (77) 3441-5551. Para conhecer nossa linha completa de veículos disponíveis acesse  www.taisanauto.com.br

Taisan Auto: Chegou o UP!, completo

  • 19 Out 2017
  • 13:10h

Acabou de chegar o UP! Move 1.0 tsi, 2016/2017 completo. Ele já vem com o IPVA pago, e está disponível na Taisan Auto. Um carro completo, compacto e ideal para você dirigir com tranquilidade por ai. Venha para Taisan Auto, sempre as melhores opções para você. Visite-nos na Av. Centenário, 853, Novo Brumado- Brumado-Bahia, fone; (77) 3441-5551. Para conhecer nossa linha completa de veículos disponíveis acesse  www.taisanauto.com.br

Brumado: Confira as ofertas do Comercial Vitória

  • 18 Out 2017
  • 09:40h

Governo defende rever prisão após 2ª instância

  • Estadão
  • 15 Out 2017
  • 16:00h

O governo Michel Temer defende a revisão da possibilidade de prisão após condenação em segunda instância. Em manifestação enviada ao Supremo Tribunal Federal, a Advocacia-Geral da União (AGU) argumentou que a pena somente deve ser executada depois de esgotados todos os recursos da defesa, o chamado trânsito em julgado. Em outubro do ano passado, por seis votos a cinco, o Supremo decidiu pela admissibilidade da prisão após o recurso em segundo grau, ao negar liminar em ações ajuizadas pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e pelo PEN. O tema voltará a ser analisado no plenário em breve, uma vez que o relator Marco Aurélio Mello pretende liberar os processos para julgamento de mérito. Além da Presidência, o ministro solicitou informações ao Senado e à Câmara.O tema é alvo de polêmica e ainda divide a Corte. A decisão é criticada por advogados e defendida por integrantes do Ministério Público e do Judiciário, como o juiz Sérgio Moro, da Operação Lava Jato. Ministros já sinalizaram que podem rever seus votos. Investigadores dizem que uma eventual mudança pode desestimular delações premiadas – uma colaboração pode ser fechada mesmo após a condenação e a prisão. A decisão de outubro passado, segundo a AGU, “flexibilizou o princípio da presunção de inocência”. “Em nosso regime constitucional, a presunção de inocência é direito fundamental e seus conteúdo e alcance influenciam todo o arcabouço jurídico criminal”, escreveu o órgão do governo. A manifestação, obtida pelo Estado, foi entregue pela AGU ao Supremo nesta quarta-feira, 11. O documento é elaborado pelo advogado da União Rodrigo Pereira Martins Ribeiro. O despacho é da ministra Grace Mendonça. De acordo com a AGU, “a norma constitucional que consagra o postulado da presunção de inocência (artigo 5.º, LVII, da Constituição) deve ser compreendida como o princípio reitor do processo penal. Essa dimensão de regra de tratamento da presunção de inocência impõe a liberdade do acusado, como regra geral, no decorrer da persecução penal”.

Uma homenagem da UNINTER

  • 11 Out 2017
  • 19:19h

Livramento: Realização de Festa de aniversário da cidade é liberada pela justiça

  • Brumado Urgente
  • 11 Out 2017
  • 09:00h

O Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA) suspendeu nesta terça-feira (10) a liminar que impedia a realização da festa de emancipação política de Livramento de Nossa Senhora, agendada para os dias 06 e 11 de outubro. O pedido do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), aceito pela Justiça determinava que o prefeito cancelasse os contratos firmados com artistas e com empresas para organização das festas. O objetivo era evitar pagamentos tendo em vista as situações de crise econômica e de emergência reconhecidas pelo Decreto nº. 540/2017. Os shows marcado para o dia 06 não chegaram a acontecer. Entretanto, o município entrou com recurso sustentando que a decisão causava lesão à ordem e à economia pública, já que o evento é realizado há 96 anos. Dentre os riscos ao município, estaria as multas por descumprimento aos contratos celebrados com empresas e artistas e também a suspensão do efetivo policial e do uso de equipamentos de segurança pública, material que já havia sido solicitado e autorizado pelo Governo do Estado da Bahia.Além disso, a gestão apontou os prejuízos aos comerciantes, que teriam adquirido produtos para comercialização no evento e pago taxas de ocupação de área pública, entre outros. Considerando a situação, a desembargadora Maria do Socorro Barreto Município declarou que, já que o município por conta das despesas já efetuadas com a realização da festa, o cancelamento seria ainda mais danoso. “Um evento deste porte movimenta a economia local, oportunizando a geração de emprego e renda, além de fomentar um aumento na arrecadação tributária, o que, induvidosamente, corrobora com o interesse público”, afirmou na sentença. Apontando um possível risco à economia pública causado pelo cancelamento à véspera, a desembargadora decidiu aceitar o pedido de suspensão e viabilizar a realização do festejo do dia 11.

UNINTER Brumado: Buscando sempre o melhor para os seus alunos

  • ASCOM - Plena Educacional
  • 05 Out 2017
  • 20:04h

Arany Santana se torna a primeira mulher a assumir a Secretaria de Cultura

  • Assessoria de Comunicação - Secretaria de Cultura do Estado da Bahia – SecultBA
  • 03 Out 2017
  • 08:30h

Autoridades, gestores, artistas, agentes culturais e militantes estiveram entre as centenas de pessoas presentes na tarde desta segunda-feira (02), no Salão de Atos da Governadoria, para dar as boas vindas à nova Secretária de Cultura da Bahia, Arany Santana. Recebida com calorosos aplausos, a primeira mulher a assumir a pasta tomou posse do cargo em cerimônia celebrada pelo Governador do Estado, Rui Costa. “Continuamos escrevendo história, com a primeira mulher a assumir a Secretaria de Cultura da Bahia. E uma mulher negra. Eu tenho certeza que Arany, com a sua sensibilidade, alma, coração e ligação com o povo, terá muita energia pra gente continuar trabalhando e edificando os pilares da nossa cultura, que é algo estruturante na vida humana e, sobretudo, para os baianos”, declarou Rui. Arany assume a pasta após Jorge Portugal ter entregue o cargo na última quinta-feira (28). O ex-secretário participou da cerimônia para abraçar e desejar sucesso à nova gestora.

 

 

 

A secretária de cultura na oportunidade reiterou o seu compromisso com a comunidade do setor e em contemplar e assegurar a cidadania cultural através da agregação de nomes das mais diversas linguagens, atividades e vertentes. “É preciso fazer saber como a Secult é importante e o quanto ela faz. Minha expectativa é de poder garantir os direitos culturais da mesma forma que garantir os direitos humanos fundamentais. Ampliar as parcerias entre os vários órgãos. Reconhecer e valorizar as diversidades, as diferenças, as convergências e as confluências da cultura da Bahia”, afirmou Arany. Ex-diretora do Centro de Culturas Populares e Identitárias (2011-2017), unidade da SecultBA, Arany Santana possui um histórico atrelado à cultura e militância étnica que resiste há anos. Ela é ex-diretora do Ilê Aiyê, mais antigo movimento negro do Brasil; e co-fundadora do Movimento Negro Contra a Discriminação Racial (hoje Movimento Negro Unificado). Como educadora, tem uma trajetória voltada para a alfabetização de adultos iletrados, a arte-educação e o ensino de cultura africana. Também atriz, participou de filmes como A Idade da Terra, de Glauber Rocha, O Jardim das Folhas Sagradas, de Póla Ribeiro, e Capitães da Areia, de Cecília Amado. Na gestão pública, foi a primeira secretária municipal da Reparação, no ano de 2003, e esteve à frente da Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza do Estado da Bahia, em 2010.

CONTINUE LENDO

Polícia Militar prende homem portando drogas em Brumado

  • Brumado Urgente
  • 03 Out 2017
  • 07:37h

Foto: Divulgação | Polícia Militar

Na noite desta segunda-feira (02), o PETO (Pelotão de Emprego Tático Operacional) em ronda na Avenida Centenário, detectou um carro com atividade suspeita e então procedeu a uma abordagem ao veículo, onde foram identificados com o jovem de 19 anos, um tablete de maconha, R$514,00 e um relógio de ouro. Após isso, a equipe do PETO acompanhou o jovem, o nome do mesmo não foi revelado, até um Centro Poliesportivo do Bairro São José, na quadra de esportes, foram encontrados: 02 balanças de precisão, 01 relógio, R$ 514,00 reais, 46 petecas de cocaína, 434 gramas de cocaína, 631 gramas de crack,  198 gramas de maconha prensada.  Todo material encontrado junto com o suspeito foram encaminhados para delegacia.

Semana começa com temperaturas altas em Brumado

  • Brumado Urgente
  • 03 Out 2017
  • 07:26h

Após um longo período registrando temperaturas mais amenas, a capital do minério volta a ter suas temperaturas elevadas. Com a chegada da primavera era essa a expectativa, que só veio a se confirmar no inicio de outubro. A previsão para hoje, terça-feira (03) é de máxima de 32° e mínima de 20°, que deve ser o mesmo registrado nos demais dias da semana. Já a umidade relativa do ar varia de 40 a 79%, o que configura bons percentuais.

(*)As informações são do Clima Tempo.

Gás de cozinha em Brumado é em média o mais barato comercializado na região, o motivo é a livre concorrência na cidade.

  • Brumado Urgente
  • 02 Out 2017
  • 12:00h

Foto: Reprodução I Facebook

Na última semana, os consumidores brumadenses puderam observar uma diminuição considerável no valor cobrado pelo gás de cozinha. Até algumas semanas atrás um bujão de gás de 13 quilos custava em média R$52,00. Agora o produto pode ser encontrado entre os valores de R$40,00 e R$45,00, sendo um dos mais baratos da região. Em contato com as distribuidoras em Brumado foi constatado o motivo para essa redução: A livre concorrência. Em razão de uma nova distribuidora comercializar o produto abaixo da média praticada na cidade, os comerciantes, já fixados no mercado, viram a necessidade de ajustar os preços. Em Ibitira, por exemplo, o gás hoje é comercializado a partir de R$45,00; Em Caetité e Guanambi essa média sobre para R$50,00. É importante ressaltar que desde o mês de junho o gás subiu quase 36%, isso diante de aumentos repassados pela Petrobrás, bem como um aumento médio das distribuidoras que foi de 3,79% desse valor. Por ser uma situação atípica, os comerciantes de Brumado tratam o valor cobrado como um período promocional, já que em breve deverão estabelecer os valores com base no mercado regional.

TSE mantém multa ao Facebook por demora em remover perfil da rede social

  • 30 Set 2017
  • 15:10h

(Foto: Reprodução)

O Facebook terá que pagar R$ 600 mil de multa pela demora em remover o perfil de um usuário anônimo que satirizava o então candidato a prefeito de Joinville Udo Döhler (PMDB) durante as eleições de 2016. Segundo a PGE (Procuradoria-Geral Eleitoral), o valor da multa foi estabelecido conforme o porte econômico da empresa. O processo ocorre desde setembro de 2016  Na época, determinou-se que o Facebook deveria retirar a página "Udo Caduco" do ar. Caso a empresa descumprisse a sentença, ela teria que pagar R$ 30 mil por dia e a rede social deixaria de funcionar por 24h em todo o Brasil.

 O Facebook recorreu da decisão, mas a multa foi mantida pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) nessa quinta-feira (28), já que a rede social só tirou o perfil do ar depois de 20 dias da determinação da Justiça. O argumento na época foi que o conteúdo que deveria ser removido não tinha sido especificado. De acordo com a PGE, o TRE-SC (Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina), que iniciou a ação, detalhou na liminar e na sentença o conteúdo que deveria ser retirado e questionou que não havia motivos para a demora no cumprimento da decisão. O UOL Tecnologia procurou o Facebook, por meio de sua assessoria de comunicação, mas até o fechamento do texto não havia um posicionamento oficial da empresa. Caso exista, ele será acrescentado na matéria. Segundo a Procuradoria Geral, a empresa ainda pode recorrer da decisão. 

CONTINUE LENDO

'A coisa mais fundamental é o diálogo', lembra psiquiatra sobre comportamento suicida

  • 30 Set 2017
  • 13:11h

(Foto: Reprodução)

Chega ao fim neste sábado (30) o mês em que é realizada a campanha Setembro Amarelo, dedicada à prevenção ao suicídio. No entanto, é importante que o tema seja lembrado durante todo o ano. De acordo com relatório inédito do Ministério da Saúde, o Brasil registra anualmente uma média de 11 mil casos de suicídio (veja aqui), com tendência ao crescimento. Só nos últimos cinco anos, houve um aumento de 12% no total de casos. Em entrevista ao Bahia Notícias, o psiquiatra Lúcio Botelho afirmou que alguns sinais devem ser observados na tentativa de se identificar o sofrimento de pessoas próximas. "Muitas vezes, o comportamento diferenciado passa despercebido, ainda que a pessoa peça ajuda. A gente deve estar atento a alterações de padrões de comportamento. Pessoas que costumavam ter um desempenho social bom e ir bem no trabalho, por exemplo, de repente ficam mais retraídas ou passam a ter atitudes mais impulsivas", pontuou. A partir da identificação dos sintomas, é importante a busca por auxílio profissional. Ainda assim, o apoio da família e dos amigos é essencial. 

"É importante que se tenha um acompanhamento para um atendimento psicológico e psiquiátrico. Existem maneiras de atenuar esse tipo de comportamento, desde uma abordagem familiar, tentar contornar ou reestruturar o ambiente familiar desse indivíduo em sofrimento, até o acompanhamento especializado", explicou Botelho. O profissional explicou ainda que o tratamento é individualizado para cada paciente, mas o diálogo é fundamental em todos os casos. "Isso é básico para todo mundo. Tratar o assunto com mais clareza e fornecer suporte para essa pessoa em crise", alertou o psiquiatra. "A principal coisa é não desconsiderar aquela queixa. Muitas vezes a pessoa que ouve desconsidera a queixa e minimiza o evento. É importante levar em consideração aquela queixa e acolher, para que essa pessoa fique aberta ao tratamento", acrescentou. Com o objetivo de discutir esse grave problema de saúde pública, acontece neste sábado (30) o I Simpósio Espaço Nelson Pires de Prevenção ao Suicídio. O evento acontece das 8h às 17h, no Auditório CEO, localizado no bairro Caminho das Árvores. As inscrições podem ser feitas por meio do telefone (71) 99990-4622 ou e-mail eventos@espaconelsonpires.com.br, no valor de R$ 30.

CONTINUE LENDO

Após ocupação de fazenda na Bahia, família de Geddel tem gado roubado em outra propriedade

  • 30 Set 2017
  • 12:11h

Fazenda em Potiraguá é ocupada por indígenas (Foto: Reprodução/ TV Santa Cruz)

Quatro dias após uma fazenda do ex-ministro Geddel Vieira Lima ter sido ocupada por índios no município de Potiraguá, no sul da Bahia, uma outra propriedade da família foi assaltada no município de Maiquinique. As cidades ficam distantes cerca de 55 quilômetros. Os ladrões teriam levado algumas cabeças de gado da propriedade. A informação foi divulgada ao G1 pelo advogado da família Vieira Lima, que atua no caso, Franklin Ferraz. Ele contou que o caso ocorreu na noite de quarta-feira (27). Segundo informação preliminar obtida pela defesa, um grupo entrou na fazenda em um caminhão, embarcou algumas cabeças de gado e fugiu. Ferraz detalha que os envolvidos, que chegaram ao local em dois cavalos, ainda abandonaram os animais na propriedade. O delegado Antônio Roberto Gomes da Silva Júnior, que é coordenador da Polícia Civil da região, confirmou o registro da denúncia. Ele disse que na queixa foi relatado o furto de ao menos 25 cabeças de gado. "Chegaram com um caminhão e embarcaram o gado", relata. A polícia trabalha com duas hipóteses. A primeira é de que o caso tenha relação com invasão da fazenda em Potiraguá. A segunda é de que tenha a ver com suspeitos que assaltam fazendas da região. O caso está sendo investigado.