Brumado Urgente

Brumado Urgente


Resultado da busca pela categoria "mundo"

Mãe é presa após fingir doença do filho e fazê-lo passar por 13 cirurgias

Domingo | 17.12.2017 | 15h00


Uma mãe foi presa por causar lesão grave ao filho, no estado americano do Texas, depois de convencer médicos de que a criança tinha uma rara condição genética. Kaylene Bowen levou o pequeno Christopher, de 8 anos, 323 ao hospital e conseguiu que ele passasse por 13 operações cirúrgicas, todas desnecessárias, no tratamento às supostas doenças. A informação é da Agência O Globo. De acordo com o "USA Today", Kaylene, de 34 anos, teve a guarda retirada do filho depois que a equipe médica do Centro Médico para Crianças do Texas alertou as autoridades. Enquanto a americana forçava as cirurgias, ela levantava recursos na internet com campanhas de financiamento coletivo e fotos de seu filho em tratamento. Uma delas arrecadou US$ 8 mil (cerca de R$ 24 mil) para a batalha do garoto contra uma malformação congênita. Ainda segundo a publicação, a farsa foi descoberta quando a mãe levou o pequeno ao centro médico de Dallas, no mês passado, e alegou que ele havia sofrido uma convulsão. O "Star-Telegram" teve acesso aos documentos médicos, segundo os quais os médicos desconfiaram que os sintomas do garoto haviam sido provocados. Os profissionais chamaram então o Serviço Protetivo das Crianças. Kaylene nega as acusações. Os investigadores suspeitam que o abuso médico contra a criança tenha começado quando ele tinha semanas de vida, em 2009. Até 2016, ele foi levado ao hospital 323 vezes. A americana tentava desde então colocar Christopher na lista de transplantes de pulmão e anunciava no Facebook que ele tinha câncer. A polícia investiga se Kaylene sofre de uma doença mental na qual o portador inventa ou causa doenças ou ferimentos em uma pessoa sob seus cuidados. O pai do menino, Ryan Crawford, separado da americana, destacou à rede "NBC" que o comportamento extremo começou logo após o nascimento de Christopher. "Os problemas escalaram até eventualmente ela dizer que meu filho estava morrendo. Eu estava horrorizado porque, até onde eu sabia, meu filho estava bem. Ele poderia ter morrido (com a ação da mãe). Apenas Deus o salvou", frisou o pai, que disse se sentir responsável por não conseguir interromper a sequência de cirurgias.

Instituto Meteorologia emite boletim de alerta para Brumado e diversas cidades da região sudoeste

Quarta | 13.12.2017 | 13h55
Autor: Brumado Urgente


O Instituto Nacional de Meteorologia, o INMET, emitiu nesta quarta-feira (13), um boletim de alerta de perigo em razão de um acumulado de chuvas para 219 municípios baianos, dentre eles diversos aqui da região, incluindo Brumado. Em geral o aviso é para as áreas que compreendem a Chapada Diamantina, Nordeste Baiano, Sul Baiano, Recôncavo Baiano, São Francisco Baiano, Sudoeste Baiano. Segundo o INMET, a situação meteorológica é perigosa. Chuva entre 30 a 60 mm/h ou 50 a 100 mm/dia. Risco de alagamentos, deslizamentos de encostas, transbordamentos de rios, em cidades com tais áreas de risco. O alerta de perigo compreende o grau 3 numa escala máxima de 4 graus. Para hoje, o Instituto prevê chuva com trovoadas em diversos momentos do dia. Confira quais outras cidades fazem parte desse alerta, clique aqui.

Governo promove hoje Dia D de combate ao mosquito Aedes aegypti

Sexta | 08.12.2017 | 16h00


Foto: Ilustrativa

O governo federal promove hoje (8) o Dia D - Sexta sem Mosquito, que visa a alertar a população sobre a importância de combater o Aedes aegypti, especialmente antes da chegada do verão, período mais favorável à sua proliferação. Representantes do governo participam das ações em várias capitais do país. São feitas visitas domiciliares, mutirões de limpeza, distribuição de material educativo, entre outras atividades. Todas as sextas-feiras foram escolhidas pelo Ministério da Saúde como o dia de fazer a vistoria nas casas e nos locais de trabalho para eliminar os focos do mosquito transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya. O último Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) apontou que 357 cidades estão em situação de risco para a ocorrência dessas doenças, pois nelas mais de 9% dos imóveis visitados continham larvas do mosquito em recipientes com água parada. Já 1.139 municípios estão em situação de alerta. Isso significa que entre 1% e 3,9% dos imóveis tinham larvas. E 2.450 municípios foram classificados como satisfatórios, por apresentar percentual menor de 1% para presença de larvas. O LIRa analisou dados de 3.946 cidades, entre o início de outubro e a primeira quinzena de novembro. Com o levantamento, os municípios têm melhores condições de fazer o planejamento das ações de combate e controle do Aedes aegypti. Desde a identificação do vírus Zika no Brasil e sua associação com os casos de malformações neurológicas, como microcefalia, no final de 2015, o governo federal instalou a Sala Nacional de Coordenação e Controle com o objetivo de mobilizar todos os órgãos federais para atuar conjuntamente contra o mosquito, além da participação dos governos estaduais e municipais.

Fifa sorteia hoje, na Rússia, grupos da Copa do Mundo de 2018

Sexta | 01.12.2017 | 12h00


Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Nesta sexta-feira (1º), às 13h (horário de Brasília) começa, em Moscou, a solenidade que vai definir os oito grupos da primeira etapa da Copa do Mundo, a ser disputada na Rússia no ano que vem. As rádios Nacional de Brasília e Nacional do Rio vão transmitir os sorteios que serão realizados pela Federação Internacional de Futebol (Fifa). Cada grupo terá quatro países. Em cada grupo, só podem ser sorteados no máximo dois países europeus e apenas um país de cada uma das confederações restantes. Os 32 países que irão disputar a Copa foram distribuídos em quatro potes com oito seleções em cada. A Rússia, como país-sede, se juntará aos sete melhores do ranking de outubro para formar o pote 1, com todos os cabeças-de-chave. Nesse pote, tem uma bolinha de cor vermelha e outras sete de outra cor. A bola vermelha será a primeira a ser sorteada e nela tem o nome da Rússia, que vai ser a cabeça-de-chave do grupo A. Em seguida, as outras sete bolas vão sendo sorteadas formando os cabeças-de-chave dos grupos B, C, D, E, F, G, E H. Sempre nessa ordem. Caso seja sorteada uma seleção que não possa ser colocada por causa das cláusulas previstas, de no máximo duas europeias e uma de cada confederação restante, a sorteada será deslocada para o grupo mais próximo até que atenda as exigências. Quando terminar o pote 1 passa-se para o pote 2 e assim por diante até o pote 4.

 

Professora casada obrigava alunos a fazer sexo com ela em troca de boas notas

Terça | 21.11.2017 | 07h20


Uma professora foi presa após ser acusada de fazer sexo com alunos menores de idade, e em troca, dava notas boas a eles. O caso foi registrado na cidade de Medellín, na Colômbia. Segundo informações da imprensa local, o crime foi descoberto após um dos pais ter visto os textos e as imagens trocados entre ela e o filho. Ao notar a gravidade do assunto, denunciou a docente à polícia. De acordo com a emissora Canal 4, a professora utilizava uma tática para atrair os alunos, que tinha entre 16 e 17 anos. Nas redes sociais, ela adicionava os estudantes como amigos e, em seguida, pedia o telefone deles. Momentos depois, dizia que ia "ajudá-los com os estudos". Após a denúncia ser divulgada, vários alunos resolveram falar sobre o caso e postaram a seguinte mensagem nas redes sociais. "Essa é a professora Yokasta. Ela nos disse nos reprovaria se não tivéssemos relações com ela". Além do texto, publicaram fotos da docente. Yokasta está presa, e o marido dela já pediu o divórcio. A escola na qual a educadora trabalhava não se pronunciou sobre o caso.

Cerca de 205 milhões de mulheres têm diabetes no mundo, alerta OMS

Quarta | 15.11.2017 | 09h00
Autor: Agência Brasil


No Dia Mundial do Diabetes, lembrado ontem (14), a Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta que cerca de 8% das mulheres - ou 205 milhões - vivem com diabetes em todo o mundo. O tema da campanha deste ano é “Mulheres e Diabetes: nosso direito a um futuro saudável”, que tem como foco promover o acesso a medicamentos e tecnologias essenciais para todas as mulheres com diabetes e com risco da doença, além de levar informações qualificadas para que elas fortaleçam sua capacidade de prevenir o diabetes tipo 2. Para o diretor da Sociedade Brasileira de Diabetes, Márcio Krakauer, o diabetes afeta a mulher em vários aspectos, o principal deles é o gestacional. Além disso, as mulheres passam pela menopausa, que é um momento em que a doença precisa ter um controle diferenciado. Elas também estimulam os homens a cuidar da própria saúde. Segundo Krakauer, 1 em cada 7 nascimentos no mundo é afetado por diabetes na gestação. “É uma doença muito frequente e que aumenta o risco de aborto e má formação do bebê e morte das mães. Com o tratamento, essas complicações são completamente evitáveis”, disse. O diabetes gestacional é um problema que surge durante a gravidez e que quase sempre se normaliza sozinho depois que o bebê nasce. A mulher fica com uma quantidade maior que o normal de açúcar no sangue, por causa dos hormônios e da incapacidade do corpo de produzir insulina extra para atender às necessidades do bebê. Krakauer explicou que já é uma prática dos ginecologistas pedir os exames de diabetes a partir das 24ª semana. Mas ressalta que é importante que as próprias mulheres também fiquem atentas para obter um diagnóstico precoce e evitar as complicações. O histórico de diabetes gestacional também é um importante fator de risco para desenvolvimento de tipo 2 da doença. Segundo a OMS, quase metade das mulheres que morrem em países de baixa renda devido à glicemia alta, morrem prematuramente, antes dos 70 anos.

Após grande manifestação Ministério Público abre inquérito para apurar regularidade ambiental de empresa em Correntina

Segunda | 13.11.2017 | 12h00
Autor: Brumado Urgente


Foto: Divulgação

O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) decidiu abrir um inquérito civil para apurar a regularidade ambiental da empresa Lavoura e Pecuária Igarashi no município de Correntina, no oeste baiano. O ato de investigação é da Promotoria de Justiça especializada em meio ambiente de Bom Jesus da Lapa. No último sábado, cerca de dez mil manifestantes foram às ruas da cidade, para protestar pacificamente, contra a forma como a água vem sendo utilizada pelos grandes proprietários do agronegócio. Segundo informações colhidas pelo Brumado Urgente, vários ribeirinhos vêm sentindo os impactos dessa utilização desenfreada, pois o nível do rio vem diminuindo e os mesmo veem suas pequenas lavouras comprometidas. Uma grande força tarefa foi enviada para a cidade pelo Governo do Estado da Bahia, para apurar uma manifestação realizada no inicio do mês quando, uma propriedade teve seus bens avariados.

Rui pede que SSP investigue invasão de fazendas no oeste baiano

Terça | 07.11.2017 | 16h00


Após uma reunião realizada nesta segunda-feira (6), na Governadoria, em Salvador, o governador Rui Costa pediu que a Secretaria de Segurança Pública (SSP) investigue as invasões de terras ocorridas no oeste do estado e reforce o policiamento. Na última quinta, uma fazenda da empresa Igarashi, em Correntina, no oeste baiano, foi invadida por um grupo que colocou fogo nas instalações, destruiu maquinário, o sistema de energia e tratores. “Agora, estamos reforçando as estruturas de segurança, tanto da Polícia Militar, como já fizemos com o envio de tropas especializadas, como também enviando reforços para a Polícia Civil, que ficará à frente das investigações. Equipes de inteligência da secretaria também estão envolvidas na operação”, afirmou Barbosa. Ainda segundo o secretário, a prioridade no momento é evitar novas invasões e identificar os responsáveis pelo ato. A reunião contou com representantes de associações de produtores locais e secretários estaduais. 

Audiência pública na Câmara discute possibilidade de privatização da Chesf

Segunda | 06.11.2017 | 13h24


Foto: Agência Brasil

A possibilidade de privatização da Chesf, uma das 14 subsidiárias da Eletrobras, pelo governo federal, será objeto de discussão da Comissão de Desenvolvimento Econômico e Turismo da Câmara Municipal de Salvador na próxima quarta-feira (8), às 17h, no Centro de Cultura da Casa Legislativa. A audiência pública foi proposta pela vereadora Marta Rodrigues (PT). “O Rio São Francisco é de extrema importância para a economia da região, uma vez que suas águas servem para geração de energia, como de renda, com a irrigação, a pesca, transporte e consumo humano”, aponta Marta. Na pauta do encontro está o contexto histórico, a função, relevância da companhia, além de um panorama da luta contra a privatização da Chesf.

Populares invadem fazendas em Correntina em protesto contra grande irrigação

Sexta | 03.11.2017 | 10h00


Foto: Reprodução/WhatsApp

Um movimento comunitário de Correntina, ainda não identificado, invadiu, hoje pela manhã, duas grandes fazendas do Município. Eles se auto-denominam moradores da Comunidade Ribeirinha do Rio Arrojado. Cerca de 500 pessoas, armadas de paus e facões, participam do movimento que pretende coibir a retirada de águas dos rios  pelos grandes projetos de irrigação da região. Uma das fazendas invadidas é conhecida como Igarashi e a outra como Curitiba. A Fazenda Igarashi detém outorga de água (autorização para explorar) para irrigar uma área de 2.530 hectares com o volume de 180.203 metros cúbicos/dia. A autorização é de 32 pivôs de água superficial (retirada diretamente do Rio Arrojado). As representações questionam a forma que as liberações de outorgas tem sido feita, sem discutir com a população, e sem nem um tipo de  estudo sério sobre a situação da região, que é berço das águas de um dos principais rio do Brasil, o Rio São Francisco. Afirmam que o “bioma acumulou 1,9 milhão de hectares desmatados entre agosto de 2013 e julho de 2015, o equivalente a 1,7% da vegetação nativa remanescente. Apenas em 2015, uma área de 9.483 km² do Cerrado brasileiro foi devastada. Em um momento em que os olhos do mundo estão voltados para a Amazônia por conta de ações desastrosas do governo de Michel Temer, é urgente falarmos sobre o Cerrado e a sua proteção nessa região, as coisa por aqui estão a todo vapor. Temos que discutir qual é a consequência disso, não dá para falar só da economia e do lucro sem pensar nas pessoas, no futuro do nosso povo”, alertam. “Nos só queremos o nosso rio. Ninguém vai morrer de sede.” Desabafa uma moradora.

Temer é o presidente mais impopular do mundo, diz pesquisa

Quinta | 26.10.2017 | 16h00


O brasileiro Michel Temer é o presidente com maior taxa de rejeição do mundo, atrás até do venezuelano Nicolás Maduro, segundo uma pesquisa do grupo de análise política Eurasia. De acordo com o levantamento, Temer detém 3% de aprovação popular, a menor em todo o mundo. Os dados foram coletados desde agosto. O presidente da África do Sul, Jacob Zuma, que enfrenta denúncias de corrupção, tem 18%. Já o venezuelano Nicolás Maduro, que trava um confronto político interno com a oposição e cujo país fora sancionado em fóruns internacionais devido à censura e prisão de seus adversários, tem 23% de apoio popular.

81 milhões de pessoas são impedidas de comer devido à seca

Quarta | 25.10.2017 | 17h00


Um estudo divulgado nessa terça-feira (24) pelo BM (Grupo Banco Mundial) aponta que 81 milhões de pessoas são impedidas de comer devido às diversas secas que afetam o planeta e destroem alimentos. Milhões de famílias são condenadas à pobreza porque a precipitação, cada vez mais irregular, causa impactos maiores que desastres naturais. “Um sofrimento em câmera lenta”, cita o estudo “Águas inexploradas: a nova economia da escassez e a variabilidade da água”. “Temos que compreender melhor os impactos da escassez de água, problema que se agravará ainda mais devido ao crescimento demográfico e à mudança climática”, indica o diretor-sênior do Departamento de Práticas Globais da Água do Banco Mundial, Guangzhe Chen. Segundo informa o UOL, o órgão alerta que a seca afeta diretamente a produção agrícola e também uma série de repercussões inesperadas de grande relevância. O relatório destaca que, em zonas rurais da África, as mulheres nascidas em períodos de seca sofrem um atraso no seu desenvolvimento físico e mental. Este atraso faz com que sejam mais propensas a dolências, que afetam o seu nível de educação, o que com o tempo contribui para ter uma renda menor e uma maior probabilidade de sofrer violência doméstica. A excassez de chuvas também afeta gravemente as florestas do planeta, pois alterar os ecossistemas e facilita a propagação de incêndios, obrigando os agricultores a expandir os seus terrenos de cultivo. A falta de chuva causa ainda impacto na indústria também, já que um simples corte de água em uma empresa urbana pode reduzir o faturamento em mais de 8%. O estudo apresentado propõe diversas medidas para enfrentar o problema, como a construção de infraestruturas para o armazenamento de água e regularizações das empresas encarregadas de sua distribuição.

Justiça atende pedido do MP e ordena que Município de Caetité suspenda atividade de licenciamento ambiental

Terça | 24.10.2017 | 16h00
Autor: Ascom - MP


O Município de Caetité deverá suspender as atividades de licenciamento e autorização ambiental, atendendo a decisão da Justiça. O pedido acatado pelo Judiciário foi formulado pelo Ministério Público em ação civil pública que registra a falta de equipe técnica multidisciplinar capacitada no Município para desenvolver essas funções. No pedido, o promotor de Justiça Jailson Trindade Neves destacou que os danos poderiam ser irreparáveis, conseguindo assim a decisão liminar. "A degradação ambiental é potencialmente maior por conta do desenvolvimento das atividades e empreendimentos licenciados, de sorte que a suspensão da atividade é uma necessidade", salientou. Em caráter definitivo, a ação pede, dentre outras adequações à legislação ambiental, que o Município de Caetité realize concurso público para servidores que deverão atuar na Secretaria Municipal de Meio Ambiente. A ação tomou por base um inquérito civil instaurado, no bojo da 25ª Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) da Bacia do Rio São Francisco, na qual a equipe de fiscalização constatou que a maioria dos municípios da área abrangida, incluído neste Caetité, encontravam "desconformidades ambientais", sobretudo, no caso de Caetité, "o descumprimento dos seus deveres na implementação de uma gestão ambiental adequada às exigências legais.

Macaúbas: Mega operação é realizada pelas Policias Ambiental, Federal e Rodoviária Federal

Terça | 24.10.2017 | 12h00


Nos últimos dias, uma mega operação das polícias, PRF e PF, Polícia Ambiental, INEMA e outras instituições, foram realizadas e ainda continuam na cidade de Macaúbas-BA e municípios vizinhos, em combate a criminalidade com multas e apreensões de pássaros silvestres criados em cativeiros, sem autorização e espécies em extinção, além de fraudes em licitações na região. Segundo informações, uma varredura está sendo feita na zona rural com multa por desmatamento ilegal e retiradas de materiais, exploração mineral entre outros. No centro, vários automóveis da PF e PRF fazendo abordagens em pontos comerciais e estabelecimentos clandestinos. Outra parte foram através de denúncias por parte da população sobre criação de animais silvestres em cativeiros, tais como, pássaros, canários em viveiros, galos de rinha, cobras jiboias, papagaios, enfim uma grande variedades de animais presos sem autorização do IBAMA. Outra parte, de acordo com informações, no primeiro momento as pessoas pegas em flagrante, estão sendo multadas e orientadas, não presas. Até o momento, a imprensa local não foi comunicada o que realmente de fato está acontecendo e quais medidas cabíveis estão sendo tomadas. 

Até 2020, mais de 80 milhões de pessoas no mundo terão glaucoma

Sábado | 14.10.2017 | 17h50
Autor: Bahia notícias


A Organização Mundial de Saúde (OMS) e centros de pesquisas internacionais estimam que, em 2020, 80 milhões de pessoas no mundo terão glaucoma. Em 2040, serão mais de 111 milhões de pessoas atingidas pela doença. O glaucoma não tem cura e é considerado a maior causa de cegueira irreversível. O diagnóstico precoce é a melhor forma de dar qualidade de vida ao paciente. O tratamento não permite o avanço da doença, mas não consegue recuperar parte da visão que o paciente perdeu. O glaucoma é um estreitamento do campo visual. Estudos indicam que 1,2% da população aos 40 anos tem o problema. Aos 80, esse índice chega a 8%. No Brasil já existem mais de 1,2 milhões de pessoas cegas, e a Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que até 80% dos casos de cegueira pelo mundo poderiam ser evitados ou tratados.

Unicef: a cada 10 minutos morre uma menina vítima de violência

Quarta | 11.10.2017 | 08h00
Autor: Da Agência EFE


(Foto: Ilustração)

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) lembrou, nesta quarta-feira (11), por ocasião do Dia Internacional da Menina, que a cada dez minutos morre no mundo uma menina vítima de violência. A informação é da Agência EFE. Em 2016, aproximadamente 535 milhões de crianças no mundo todo - uma em cada quatro - viviam em países afetados por conflitos violentos, desastres naturais ou outras emergências. Por isso, o Unicef destacou hoje os desafios que devem enfrentar milhões de meninas antes, durante e após as crises humanitárias. Três quartos desses menores vivem na África Subsaariana. Em países como o Sudão do Sul ou a Somália existem "milhões de meninas que continuam com seus direitos básicos negados". A diretora do Unicef para o Leste e Sul da África, Leila Pakkala, lembra que,  em situações de conflito, as meninas têm 2,5 vezes mais possibilidades de serem retiradas do colégio. "Em períodos de emergência e crise, a violência sexual afeta desproporcionalmente as meninas, que enfrentam alto risco de abusos, exploração e tráfico de menores", acrescenta. No caso do Sudão do Sul, o nível de violência sexual e física contra as meninas se intensificou muito por causa da instabilidade do país. Por isso, o Unicef treinou mais de 350 pessoas sobre como denunciar essas situações, além de criar 16 espaços seguros para mulheres e meninas. Além disso, a instituição destaca que a grave seca na região do Chifre da África afeta especialmente as meninas, que têm "menos recursos, menos mobilidade e mais dificuldade para acessar redes básicas de informação". Na Etiópia, o Unicef concentrou seus esforços em levar água para mais de 2,1 milhões de pessoas atingidas pela seca, com o objetivo de reduzir os riscos a que as crianças ficam expostas, por caminharem longas distâncias em busca de água. "Quando as meninas recebem melhores serviços, segurança, educação e habilidades, estão em melhor posição para enfrentar conflitos ou desastres naturais", acrescenta o documento, que pede  "investimento focalizado e colaboração" para "capacitar as meninas".

Fazendas da família de Geddel são desocupadas na Bahia; polícia diz que não houve conflitos

Terça | 10.10.2017 | 11h18
Autor: G1


As fazendas da família do ex-ministro Geddel Vieira Lima no sudoeste e no sul da Bahia, que foram invadidas por índios e integrantes de movimentos de lutas por terra, foram desocupadas. A informação foi confirmada ao G1 pelo advogado da família, como também pela Polícia Civil, nesta terça-feira (10). A ocupação mais longa, que durou 13 dias, ocorreu na Fazenda Esmeralda, que fica na zona rural do município de Itapetinga, no sudoeste da Bahia. Segundo o advogado Franklin Ferraz, oficiais da Justiça cumpriram mandado de reintegração de posse na sexta-feira (6). Ele diz que os oficiais foram acompanhados de forças militares, mas que a reintegração ocorreu de forma pacífica. O delegado Antônio Roberto Gomes da Silva Júnior, que atua na região, confirma que a reintegração ocorreu sem confrontos. A Fazenda Esmeralda estava ocupada desde o dia 23 de setembro por índios da tribo pataxó Hã Hã Hãe. Eles afirmavam que a terra era sagrada e pediam demarcação. Já a Fazenda Tabajara, na cidade de Potiraguá, no sul da Bahia, foi desocupada voluntariamente pelos integrantes do Movimento Livre da Terra. Também não houve registro de conflitos na região. Com a reintegração e desocupação, a defesa da família de Geddel afirma que está avaliando a situação das propriedades e possíveis danos. Geddel está preso no complexo da Papuda, em Brasília, desde 8 de setembro. A prisão ocorreu três dias após a polícia ter encontrado R$ 51 milhões em cédulas em um imóvel supostamente utilizado por ele. Antes, ele já cumpria prisão domiciliar em Salvador.

Homem preso diz que veio de 2048 para avisar sobre invasão alienígena

Domingo | 08.10.2017 | 08h30
Autor: Estadão


A polícia de uma cidade do Estado de Wyoming, Estados Unidos, afirmou que um homem preso por intoxicação pública declarou que era um viajante do tempo e tinha voltado ao passado para alertar a população de uma invasão alienígena. As informações são da Associated Press (AP).  Os agentes policiais da cidade de Casper afirmaram que o homem, encontrado às 22h30 (horário local) da última segunda-feira, disse que veio do ano 2048. Segundo uma rádio local, o homem queria avisar aos habitantes que deveriam sair da área, pois os alienígenas chegarão à cidade no ano que vem. O homem disse também que chegou em 2017 por acidente, pois o ano correto a que deveria ter sido transportado era 2018. Além disso, afirmou que só foi capaz de viajar no tempo porque os alienígenas encheram seu corpo com álcool.

 

 

 

Argentina empata com Peru na Bombonera e pode ficar fora da Copa de 2018

Sexta | 06.10.2017 | 08h30
Autor: Rádio Nacional


Em um jogo dramático em Buenos Aires, no mítico estádio La Bombonera, do Boca Juniors, a Argentina empatou com o Peru em 0 x 0, na noite desta quinta-feira, caiu para o 6º lugar nas eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo, com 25 pontos e agora não depende mais apenas de si para alcançar a vaga entre os quatro primeiros colocados que se classificam para o mundial. Faltando apenas uma rodada, mesmo vencendo o Equador na próxima terça-feira (10), os argentinos garantem apenas a repescagem para disputar uma vaga na Rússia com a Nova Zelândia, representante da Oceania. Já um empate pode até deixar o time de Messi definitivamente fora da copa, a depender dos resultados dos outros jogos. Para chegar nas quatro vagas, a Argentina precisa vencer o Equador e torcer para um empate entre Peru e Colômbia ou por uma vitória do Brasil, seu maior rival e já classificado, contra o Chile. Se perder o jogo em Quito, estará eliminada. O Uruguai, que poderia ter se classificado se vencesse a Venezuela, apenas empatou em 0x0 e depende de um empate no jogo com a Bolívia, penúltima colocada, na rodada final. Os resultados da 17ª rodada das eliminatórias sul-americanas foram os seguintes: Bolívia 0x0 Brasil; Venezuela 0x0 Uruguai; Colômbia 1x2 Paraguai; Argentina 0x0 Peru; Chile 2x1 Equador. Os jogos da última rodada são: Brasil x Chile; Paraguai x Venezuela; Uruguai x Bolívia; Peru x Colômbia; Equador x Argentina.A classificação é a seguinte: 1º, Brasil, 38; 2º, Uruguai, 28; 3º, Chile, 26; 4º, Colômbia, 26; 5º, Peru, 25; 6º, Argentina, 25; 7º, Paraguai, 24; 8º, Equador, 20; 9º, Bolívia, 14; 10º, Venezuela, 9. Pelas eliminatórias europeias, Alemanha e Inglaterra venceram nesta quinta-feira e garantiram suas vagas para a Copa da Rússia. Os resultados foram os seguintes; Irlanda no Norte 1x3 Alemanha; Inglaterra 1x0 Eslovênia; San Marino 0 x 8 Noruega; Azerbaijão 1x2 República Tcheca; Romênia 3x1 Cazaquistão; Montenegro 0x1 Dinamarca; Armênia 1x6 Polônia; Escócia 1x0 Eslováquia; Malta 1x1 Lituânia.

Seca é uma das piores dos últimos anos na Bahia

Quinta | 05.10.2017 | 18h05
Autor: Informações do ANA


Na Bahia, as chuvas que ocorreram no mês de agosto se concentraram na faixa leste do Estado, onde contribuíram para uma pequena expansão da área sem seca, sobretudo na regiãosul. Vale destacar que essa área sem indício de seca se estende desde o sul da Bahia até a divisa com o estado de Sergipe. No oeste baiano, onde não há registro de chuvas desde o mês de maio (ou seja, quatro meses consecutivos de estiagem), houve uma expansão para noroeste da seca com intensidade extrema (S3), o que resultou na redução da área com seca grave (S2) e a supressão da área de seca moderada (S1). Também no oeste baiano houve um avanço da área de
seca excepcional (S4). Essa mesma severidade da seca também persiste em toda a região norte e grande parte das regiões da Chapada Diamantina e Nordeste do Estado. Quanto aos impactos, apenas na divisa com o estado de Sergipe os impactos continuam sendo de longo prazo (L). Nas demais áreas do Estado, onde há situação de seca, os impactos permanecem de curto e longo
prazo (CL).