Brumado Urgente

Brumado Urgente


Resultado da busca pela categoria "economia"

Mais da metade dos contribuintes da Bahia já entregou declaração do IR

Sexta | 21.04.2017 | 15h12


Declaração do Imposto de Renda (IR) pode ser feita até o dia 28 de abril (Foto: Reprodução/ Receita Federal)

Mais da metade dos contribuinte da Bahia entregou a declaração do Imposto de Renda, até as 17h desta quinta-feira (20). A informação foi divulgada pela Receita Federal no estado. Conforme o órgão, o número corresponde a mais da metade da expectativa de declarações que devem ser entregues no estado. Até as 17h, 576.747 contribuintes entregaram a declaração na Bahia. Quem ainda não enviou a declaração tem 8 dias para mandar os dados para a Receita Federal. A expectativa é de que sejam entregues cerca de 1.150 milhão de declarações em todo o estado até o término do prazo, que é 28 de abril. Segundo a Receita, a multa para o contribuinte que não fizer a declaração ou entregá-la fora do prazo será de, no mínimo, R$ 165,74. O valor máximo correspondente a 20% do imposto devido. Em todo o Brasil, até as 17h desta quinta, foram recebidas mais de 14,5 milhões de declarações. A Receita espera receber 28,3 milhões de documentos em todo o país.

Brasil crescerá menos que a média da América do Sul em 2017 e 2018, diz FMI

Quarta | 19.04.2017 | 15h05
Autor: Uol


(Foto: Reprodução)

O Brasil crescerá menos do que a média dos países da América do Sul em 2017 e em 2018, com desempenho apenas melhor do que a Venezuela e o Equador, países que vêm sofrendo fortemente com a queda nos preços do petróleo. O cálculo é do FMI (Fundo Monetário Internacional), que manteve a projeção de expansão de apenas 0,2% para o PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro neste ano, depois de dois anos seguidos de recessão, e melhorou a expectativa de 2018 para 1,7%, ante 1,5% previstos em janeiro. No período, a América do Sul deve crescer 0,6% e 1,8%, respectivamente, mostrou o FMI nesta terça-feira ao divulgar seu relatório "Perspectiva Econômica Global". Na região, o Brasil só ganha da Venezuela e do Equador, que deverão ver suas economias encolhendo 7,4% e 1,6% neste ano, respectivamente. O melhor desempenho deve vir da Bolívia, com crescimento de 4% em 2017. Quando se olha para a América Latina toda, o crescimento médio calculado pelo FMI deve ser de 1,1% e 2% em 2017 e 2018, com destaque para o México, cujo PIB deve ter expansão de 1,7% e 2%, respectivamente. 

Conta de luz dos consumidores baianos vai subir 3%, aprova Aneel

Quarta | 19.04.2017 | 12h07


(Foto: Reprodução)

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou um reajuste médio de 3% nas tarifas da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba). Para consumidores conectados à alta tensão, o aumento será de 3,50%, e para a baixa tensão, a alta será de 2,77%. As novas tarifas vigoram a partir de 22 de abril. A empresa atende a 5,8 milhões de unidades consumidoras na Bahia.

Governo aceita reduzir período de contribuição para mulheres na previdência

Terça | 18.04.2017 | 11h54
Autor: Correio 24h


(Foto: Reprodução)

Mais de quatro meses após a apresentação da proposta de reforma da Previdência pelo governo federal, o relator do projeto na Câmara, deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), deve apresentar nesta terça-feira (18) seu texto com mudanças que o tornam bem distante da versão original. As alterações mais recentes foram a redução da idade mínima para a aposentadoria das mulheres, a inclusão de uma regra de transição para políticos e a exigência de uma idade mínima para que servidores públicos que ingressaram até 2003 tenham direito ao benefício integral. O maior impasse gira em torno da idade mínima para aposentadoria das mulheres. A bancada feminina na Câmara insistiu em reduzir de 65 anos para 62 anos ou 63 anos. Elas não aceitaram a ideia do presidente Michel Temer de reduzir o tempo mínimo de contribuição de 25 anos para 23 anos.  Oliveira Maia resolveu ceder e consentiu em reduzir a idade mínima delas no texto final. A expectativa do relator é sair do café da manhã marcado para esta terça com o presidente Michel Temer e deputados da base no Palácio do Alvorada com a definição entre 62 anos ou 63 anos. "Acho que é muito grande a chance de mudar a idade da mulher".

Delator da Odebrecht relata pagamento de propina de R$ 3,6 milhões a Geddel Vieira Lima

Sábado | 15.04.2017 | 10h06


(Foto; Reprodução)

O ex-ministro Geddel Vieira Lima é suspeito de receber R$ 3,6 milhões de propina da construtora Odebrecht entre os anos de 2007 e 2010, quando estava à frente do Ministério da Integração Nacional, durante o governo Lula. A acusação foi feita pelo ex-executivo da empreiteira João Pacífico, em delação. Segundo Pacífico, o repasse a Geddel foi registrado no sistema da Odebrecht que controlava pagamentos não declarados. Ainda conforme a delação, no esquema, o político baiano era identificado como "Babel". Um dos motivos apontados para o pagamento, segundo o delator, foi a ajuda de Geddel para o pagamento referente a um contrato da empreiteira com a prefeitura da capital baiana, à época. Os serviços prestados pela Odebrecht , de acordo com Pacífico, integravam o projeto chamado de Transporte Moderno, que contemplava várias intervenções em Salvador, sobretudo obras viárias que reduzissem congestionamentos.

Governo cancela quase 85 mil auxílios-doença e economiza R$ 1,6 bilhão

Sexta | 14.04.2017 | 14h11


(Foto: Reprodução)

O governo federal cancelou quase 85 mil auxílios-doença que vinham sendo pagos indevidamente, o que trouxe uma economia de R$ 1,6 bilhão aos cofres da União. O pente-fino nesses benefícios começou em julho do ano passado, após o governo identificar 1,7 milhão de pessoas que estavam recebendo o benefício por determinação judicial sem que tivessem passado por avaliação médica nos últimos dois anos. Até agora, foram realizadas 87.517 perícias, o que resultou no cancelamento de 73.352 benefícios, 84% do total. O índice é bastante superior ao anunciado inicialmente pelo governo, que disse trabalhar com uma expectativa de reversão de 30% dos benefícios. 

Receita recebeu 10 mi de declarações até esta segunda; na Bahia foram 407 mil

Quarta | 12.04.2017 | 07h08


(Foto: Reprodução)

A Receita Federal recebeu 10 milhões de declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física até as 17h desta segunda-feira (10). O órgão federal espera que 28,3 milhões de contribuintes detalhem seus ganhos referentes ao ano passado. Na Bahia, foram recebidas 407.781 declarações nesse período, mas existe a expectativa de que sejam entregues 1.150.000 declarações em todo o estado até o final do prazo. Os contribuintes têm até 28 de abril para entregar a DIRPF 2017.

Preço médio da gasolina cai e atinge o menor valor em mais de 6 meses, diz ANP

Domingo | 09.04.2017 | 09h11


(Foto: Reprodução)

O preço médio da gasolina terminou a semana em queda nos postos pelo país e atingiu o menor valor em mais de seis meses, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (7) pela Agência Nacional de Petróleo (ANP).Segundo o levantamento semanal, o preço médio por litro no país foi de R$ 3,670 na semana passada para R$ 3,647 - uma queda de 0,62%. É o menor patamar desde a última semana de setembro (R$ 3,638) e também desde que a Petrobras iniciou sua nova política de preços, em outubro. preço do diesel também recuou na semana, passando de R$ 3,028 por litro em média para R$ 3,018 - redução de 0,33%. Já a queda do preço médio do etanol foi de 1,15%, de R$ 2,691 por litro para R$ 2,66.

7,7 milhões à espera do FGTS

Sábado | 08.04.2017 | 18h05


(Foto: Reprodução)

O dinheiro parece que caiu do céu e em tempos de crise e desemprego, qualquer valor extra é bem vindo para mais de sete milhões de brasileiros, que a partir das nove horas deverão começar a sacar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), das contas inativas na Caixa Econômica Federal. Serão mais de R$ 11 bilhões que serão sacados na boca do caixa ou depositados diretamente para os que têm contas correntes na Caixa. O pagamento que começa hoje é para os trabalhadores que têm  contas inativas do FGTS  nascidos nos meses de março, abril e maio. Em todo o país são mais de 7,7 milhões de trabalhadores que têm direito ao saque a partir deste mês. 

FGTS inativo: Caixa libera a partir deste sábado os saques do 2º lote

Sábado | 08.04.2017 | 09h47


(Foto: Reprodução)

Começa neste sábado (8) a segunda rodada de saques das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O início estava previsto apenas para segunda-feira (10), mas foi antecipado. Segundo o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, cerca de 2,3 milhões de trabalhadores vão receber os depóstios dos recursos a que têm direito diretamente em suas contas neste sábado. Esses depósitos marcam o início da segunda fase de saques das contas inativas do FGTS. Nesta fase, podem retirar os recursos os nascidos em março, abril e maio. Ao todo, 7,7 milhões de trabalhadores poderão fazer saques nesta segunda fase. Eles têm direito a um total de R$ 11,2 bilhões. A primeira fase aconteceu ao longo do mês de março, quando puderam sacar recursos de contas inativas os nascidos em janeiro e fevereiro. O programa está previsto para se encerar em julho e, até lá, cerca de R$ 35 bilhões devem ser sacados dessas contas inativas.

Governo propõe salário mínimo de R$ 979 para próximo ano

Sexta | 07.04.2017 | 15h33


(Foto: Reprodução)

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, anunciou nesta sexta-feira (7) que o governo deve propor um salário mínimo R$ 979 para 2018. Hoje, o mínimo está em R$ 937. O novo valor do mínimo será incluído na proposta da Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) para 2018, base para o orçamento do ano que vem. De acordo com a lei, o PLDO tem que ser enviado ao Congresso Nacional até 15 de abril. Para chegar ao percentual de correção do salário mínimo, que serve de referência para mais de 45 milhões de pessoas no Brasil, soma-se a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano ano anterior, calculado pelo IBGE, e o resultado do PIB de dois anos antes. Com base nesse cálculo, o salário mínimo seria corrigido dos atuais R$ 937 para R$ 979, considerando a variação estimada para o INPC, deste ano, de 4,48%. Essa é a mediana do resultado esperado por mais de 100 instituições financeiras, consultadas pelo Banco Banco Central na semana passada.

Abono salarial deve acabar para cobrir recuo na Previdência

Sexta | 07.04.2017 | 13h37


(Foto: Reprodução)

O presidente Michel Temer cedeu às pressões da base aliada no Congresso e autorizou, ontem, mudanças em cinco pontos da proposta de reforma da Previdência, que vão reduzir em pelo menos 17% a economia que o governo projetava para os próximos dez anos nos gastos com o INSS, ou cerca de R$ 115 bilhões, segundo estimativa da Casa Civil. A proposta original da reforma previa economia de R$ 678 bilhões em dez anos. Esse valor, revelou uma fonte da área econômica, terá de ser compensado por medidas adicionais, sendo uma delas o fim do abono salarial, equivalente a um salário mínimo por ano a quem ganha até dois mínimos e que consome cerca de R$ 18 bilhões por ano, alcançando 22 milhões de trabalhadores. 

 

Caixa antecipa para sábado nova rodada de saques das contas inativas do FGTS

Quinta | 06.04.2017 | 09h07


(Foto: Reprodução)

A Caixa Econômica Federal decidiu antecipar de segunda (10) para sábado (8) a nova rodada de saques das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. Ao todo, 7,7 milhões de trabalhadores nascidos em março, abril e maio poderão sacar os recursos, equivalentes a R$ 11,2 bilhões. De acordo com o G1, cerca de 2,3 milhões de beneficiários correntistas da Caixa receberão os recursos por meio de depósitos em suas contas. Por causa do adiantamento da data, 2,1 mil agências e 200 salas de atendimento, dentro das agências, estarão em funcionamento neste sábado para atender aos trabalhadores. A primeira etapa do programa de saques começou em março e registrou a retirada de R$ 5,6 bilhões por 3,7 milhões de titulares de contas inativas do FGTS. Os clientes também poderão agendar DOCs para contas de outros bancos, que serão efetivados na segunda-feira (10) e disponibilidade de recursos na terça (11). Os TEDs, transferências que permitem os recursos caírem no mesmo dia em conta de outros bancos, não estarão disponíveis no sábado porque só funcionam em dias úteis. Já na segunda (10), terça (11) e quarta-feira (12), as agências da Caixa vão abrir às 8h da manhã, duas horas mais cedo.

Governo libera empréstimos consignado tendo saldo do FGTS como garantia

Terça | 04.04.2017 | 20h07


(Foto: Reprodução)

O Ministério do Trabalho informou nesta terça-feira (4) que os trabalhadores já podem buscar empréstimos consigado (com desconto em folha de pagamento) e oferecer o saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) como garantia. De acordo com o ministério, a liberação ocorre após a Caixa Econômica Federal, gestora do FGTS, publicar as regras para o funcionamento dessas operações. Com isso, bancos e empresas podem firmar convênios que vão permitir que os funcionários tenham acesso a essa linha de crédito.

Com bandeira vermelha, contas de energia ficam mais caras em abril

Sábado | 01.04.2017 | 14h04


(Foto: Reprodução)

No mês de abril, os consumidores de energia elétrica vão pagar R$ 3 a mais para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. É que no próximo mês vai vigorar a bandeira tarifária vermelha patamar 1, que é usada quando é preciso acionar usinas termelétricas mais caras, por causa da falta de chuvas. É a primeira vez neste ano que a bandeira vermelha é ativada. Em março, a bandeira tarifária em vigor foi a amarela, com adicional de R$ 2 para cada 100 kWh e, anteriormente, a bandeira era a verde, sem custo extra para o consumidor. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o uso consciente. As cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração de eletricidad

Governo autoriza reajuste e remédios ficam até 4,76% mais caros

Sexta | 31.03.2017 | 08h13


(Foto: Reprodução)

Os preços dos remédios poderão subir até 4,76% a partir desta sexta-feira (31). Resolução da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed), órgão do governo formado por representantes de vários ministérios, fixou em 4,76% o reajuste máximo permitido aos fabricantes na definição dos preços dos medicamentos. A decisão foi publicada no "Diário Oficial da União". A regulação é válida para um universo de mais de 19 mil medicamentos disponíveis no mercado varejista brasileiro. Em 2016, o reajuste máximo autorizado foi de 12,5%. Em 2015, foi de 7,7%. Em 2014, o reajuste foi de 5,68%. De acordo com a portaria, o reajuste leva em conta o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 10 de março de 2017, acumulando uma taxa de 4,76%, no período compreendido entre março de 2016 e fevereiro de 2017. Foram autorizados 3 níveis diferentes de alta, conforme o perfil de concorrência dos produtos, seguindo a lógica de que, nas categorias com um maior número de genéricos, a concorrência é maior e, portanto, o aumento também pode ser maior.

Nível 1: Classes terapêuticas sem evidências de concentração - 4,76%

Nível 2: Classes terapêuticas moderadamente concentradas - 3,06%

Nível 3: Classes terapêuticas fortemente concentradas - 1,36%

Conta de luz cairá até 20% em abril por cobrança indevida

Terça | 28.03.2017 | 16h50


(Foto: Reprodução)

A conta de luz do consumidor em todo o país vai cair até 20% em abril, por conta da devolução de uma cobrança indevida de energia atrelada à usina nuclear de Angra 3. A decisão anunciada nesta terça-feira (28) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) atinge todas as distribuidoras de energia, com exceção de apenas três empresas, a Sulgipe, a Companhia Energética de Roraima e a Boa Vista Energia. A queda ocorrerá apenas no mês de abril. Com a decisão, a conta de luz do consumidor residencial da Eletropaulo, de São Paulo, cairá 12,44%. No caso da Light, do Rio de Janeiro, a queda será de 5,3%. A Cemig, de Minas Gerais, vai cortar em 10,61% a sua tarifa de abril. A CEB, de Brasília, terá redução de 5,92%. A queda varia entre cada uma das distribuidoras por conta dos diferentes prazos de cobrança da energia de Angra 3. No caso da Eletropaulo, por exemplo, o valor foi cobrado indevidamente por nove meses. A usina termonuclear está em construção no Rio de Janeiro e só deve ficar pronta a partir de 2019, mas acabou entrando irregularmente nas cobranças de conta de luz. Os valores que serão devolvidos chegam a cerca de R$ 1 bilhão e foram devidamente corrigidos pela taxa Selic dos períodos cobrados.

Terceirização mais 'dura' vai ser sancionada por Temer

Terça | 28.03.2017 | 13h14
Autor: Estadão Conteúdo


(Foto: Reprodução)

O presidente Michel Temer vai sancionar o projeto de lei que regulamenta a terceirização no País. A proposta que foi aprovada pela Câmara, na última quarta-feira (22), é considerada muito dura. Temer estava disposto a esperar a aprovação de um projeto mais brando, no Senado, mas desistiu por pressão de empresários e deputados.O núcleo político do governo quer que Temer sancione o projeto sem vetos. O presidente pode, porém, retirar alguns trechos do texto, com o objetivo de abrir caminho para a inclusão das chamadas "salvaguardas" aos trabalhadores.O plano é que essas garantias sejam incorporadas por meio da reforma trabalhista, que tramita na Comissão Especial da Câmara. Entre as propostas que podem ser incluídas está a que prevê maior responsabilidade de empresas contratantes em relação aos pagamentos dos direitos dos terceirizados.O ministro-chefe da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy, afirmou que o projeto aprovado pela Câmara servirá como "ponto de partida" para regulamentar as mudanças. "A ideia é incorporar ao projeto novas propostas da reforma trabalhista", disse ele, sem dar detalhes sobre as mudanças. As garantias serão encaixadas no relatório do deputado Rogério Marinho (PSDB-RN).

Bahia: Feirão oferece até 90% de desconto para limpar o nome

Terça | 28.03.2017 | 12h34
Autor: Correio 24h


(Foto: Reprodução)

Com mais  de quatro milhões de consumidores negativados junto ao Serasa, o estado da Bahia é o quarto maior em número de inadimplentes, ficando  atrás apenas de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. A oportunidade para todos esses baianos  renegociarem suas dívidas com até 90% de desconto começou ontem e vai até domingo (2). É o Feirão Liquida Dívidas, evento de recuperação de crédito promovido pelo SerasaConsumidor em todo o país.“Sabemos que o país passa por uma situação econômica delicada”, explica Daniel Ebbesen, gerente do SerasaConsumidor, sobre o alto número de individados. “Essa é uma nova oportunidade para que os consumidores limpem seus nomes ainda no primeiro semestre”, completa.Na Bahia, o evento será apenas online, por meio  do site www.serasaconsumidor.com.br, e de canais exclusivos de telefone. Vinte e duas empresas participam do Feirão no país todo. 

Após 25 dias, contribuintes entregam 256 mil declarações do IR na Bahia

Terça | 28.03.2017 | 08h11


Declaração imposto de renda deve ser feita até 28 de abril (Foto: Reprodução/TV Integração)

A Secretaria da Receita Federal informou que 256.414 mil declarações de Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) foram entregues pelos contribuintes baianos até as 17h desta segunda-feira (27), 25 dias após o início do recebimento. As declarações devem ser enviadas até o dia 28 de abril. Conforme a Receita, a expectativa é de que sejam entregues cerca de 1.150.000 declarações no estado, até o final do prazo. Em todo o Brasil, até esta segunda-feira, foram recebidas 5.153.440 milhões de declarações. Até o final do prazo, a Receita tem a estimativa de receber 28,3 milhões de documentos em todo os estados.