BUSCA PELA CATEGORIA "Curiosidades"

Ipiaú: Abóbora de 19kg é encontrada por lavrador

  • Informações do Giro em Ipiaú
  • 22 Ago 2014
  • 16:51h

Foto:Giro em Ipiaú/Bruno Aragão

Uma abóbora pesando 19kg foi encontrada em uma roça, localizada às margens do Rio de Contas, na zona rural de Ipiaú, há cerca de 15 dias atrás. O legume foi encontrado pelo senhor Manoel dos Santos. Ele contou à reportagem do Giro que só retirou a abóbora por que um bezerro quebrou o talo da hortaliça. A esposa de Seu Manoel, dona Santilha Novaes dos Santos, exibe orgulhosa o legume e espera em breve poder degusta-lo. A família mora na Rua Jitaúna, no bairro Santana.

Estudo aponta que dormir nu retarda envelhecimento e provoca até a perda de barriga

  • Think Stock
  • 19 Ago 2014
  • 17:14h

(FotoComposição: Brumado Urgente)

Segundo uma grande pesquisa feita pelo National Sleep Survey, nos Estados Unidos, menos de 1 em 10 norte-americanos dormem nus. Uma situação lamentável considerando os benefícios fantásticos (e cientificamente provados) em deixar os pijamas no armário e dormir no pelo. Para Natasha Turner, médica naturopata que escreveu o livro The Hormone Diet, dormir sem roupas pode ajudar as pessoas a terem bom humor, menos barriga, mais sexo, e muito mais — veja a seguir o que você pode ganhar ao ir pra cama do jeito que veio ao mundo. 

Segundo uma grande pesquisa feita pelo National Sleep Survey, nos Estados Unidos, menos de 1 em 10 norte-americanos dormem nus. Uma situação lamentável considerando os benefícios fantásticos (e cientificamente provados) em deixar os pijamas no armário e dormir no pelo. Para Natasha Turner, médica naturopata que escreveu o livro The Hormone Diet, dormir sem roupas pode ajudar as pessoas a terem bom humor, menos barriga, mais sexo, e muito mais — veja a seguir o que você pode ganhar ao ir pra cama do jeito que veio ao mundo. 
 

1) Melhore seu desempenho e envelheça mais tarde: Muitas pessoas gostam de se sentir aconchegantes na hora de dormir, mas se o seu ambiente de sono estiver quente demais, isso impede o resfriamento natural que acontece enquanto dormirmos. Se o seu quarto ou seu corpo ficarem quentes demais (acima dos 21ºC), a temperatura irá interromper a liberação de melatonina e do hormônio do crescimento. Num estudo publicado no jornal “Sleep”, pesquisadores mostraram que você pode tomar doses seguras e legais de hormônio do crescimento — e até melhorar seu desempenho atlético — apenas mergulhando nos lençóis para aquele sono profundo.
 

2) Previna diabetes, problemas cardíacos e mantenha a disposição do seu corpo: Ao impedir a liberação do hormônio do crescimento, você também não irá queimar gordura enquanto dorme, ou se beneficiar de uma noite de reparação para seus ossos, pele e músculos. O hormônio do crescimento (HGH) afeta todas as células do organismo e é essencial para a restauração de tecidos, construção dos músculos, densidade óssea e estrutura corporal. Indivíduos que dormem menos de seis horas por noite são mais propensos a desenvolver diabetes e problemas do coração, de acordo com pesquisadores da Universidade de Warwick. Se você não dormir o suficiente, seus níveis de cortisol e hormônio da fome disparam, gerando um aumento na insulina. Além disso, os hormônios responsáveis pela queima de gordura e controle do apetite despencam.
 

3) Descanse mais profundamente e por mais tempo: Pesquisas revelam que certas formas de insônia estão associadas a uma regulação deficiente da temperatura corporal e à incapacidade de resfriamento à noite — impedindo assim o estágio mais profundo do sono.

Num experimento realizado na Holanda, cientistas vestiram os participantes com roupas térmicas para reduzir a temperatura corporal em menos de um grau Celsius, sem afetar a temperatura corporal central do corpo. O resultado? As pessoas não despertavam tanto durante a noite, e a porcentagem de sono nos estágios 3 e 4 (sono profundo) aumentou. Acredite ou não, você não sua ou arrepia durante o sono REM, portanto não precisa ficar com medo de sonhar que está numa geleira.
 

4) Adeus gordura localizada na barriga: Conforme seu corpo vai esfriando e os hormônios do crescimento aumentando, o nível de cortisol também irá diminuir com padrões de sono saudáveis. Entre 10 p.m. e 2 a.m é o momento em que o seu organismo está realmente descansando e se recuperando. Depois das duas da manhã, suas glândulas suprarrenais começam a produzir cortisol para o dia seguinte, e essa atividade alcança outro pico por volta das 4 a.m até chegar ao seu ponto mais alto por volta das 6 a.m.
 
Em noites que você não dormiu o bastante, você irá acordar com um nível de cortisol acima do normal. E isso vai disparar seu apetite — especialmente para comidas rápidas e confortáveis — e a sua tendência para comer demais, ficar ansioso, e colaborar para aquela gordura localizada na barriga; mesmo para pessoas magras.


5) Viva a ocitocina: Se você e o seu parceiro dormem pelados, vocês já devem estar colhendo os benefícios dos hormônios que nos fazem sentir bem. O toque da pele com a pele (com intimidade, seja uma massagem, relação sexual, ou carinho) é tudo o que você precisa para ativá-los. Além de estar envolvida no orgasmo e na resposta sexual, a ocitocina é capaz de combater o estress e a depressão, eliminando os efeitos nocivos do cortisol e reduzindo a pressão sanguínea. O hormônio também melhora a mobilidade intestinal, evitando inflamações. Finalmente, não há nada mais excitante para um casal do que ir para debaixo do edredom pelados — e os orgasmos continuam sendo os melhores soníferos naturais.

CONTINUE LENDO

Novo recurso do Facebook vai avisar quando notícia for falsa

  • Da Redação
  • 18 Ago 2014
  • 15:09h

(Foto: Reprodução)

O Facebook está testando um novo recurso que pretende avisar os usuários quando uma história é real ou não. As notícia foi publicada pelo Portal Terra e as informações são do site Buzzfeed. De acordo com a publicação, os posts satíricos - ou seja, os que não relatam a realidade - serão marcados com uma etiqueta com a escrita "satire", na frente do link, para que os usuários possam distingui-los de uma notícia real. De acordo com um representante da empresa, que não teve o nome divulgado, o teste já começou a ser feito e o novo recurso pode entrar já nos próximos meses na rede social. "Criamos isso porque recebemos o feedback de usuários que queriam uma forma mais clara de distinguir esses tipos de artigos".

Selfies em funeral de Eduardo Campos recebem críticas na internet

  • Correio Brasiliense
  • 18 Ago 2014
  • 06:28h

(Foto: Reprodução)

Chamaram a atenção dos internautas as selfies clicadas por pessoas que compareceram ao velório de Eduardo Campos neste domingo (17/8), no Recife (PE). A cerimônia, iniciada com uma missa de corpo presente no Palácio das Princesas, sede do governo estadual, atraiu milhares de pernambucanos. Muitos fizeram questão de se fotografar ao lado do caixão ou com membros da família do ex-governador, que morreu num acidente aéreo na última quarta-feira (13).  As imagens compartilhadas em redes sociais como o Facebook e Instagram mostram pessoas fazendo osselfies, espécie de autorretratos. Entre as fotos que mais levantaram críticas está a de uma mulher que aparece sorrindo com o caixão do socialista ao fundo. Em outra, um homem tira uma foto ao lado da viúva Renata Campos. Nas redes sociais, os internautas criticaram bastante as fotografias. O episódio relembrou situação ocorrida no funeral de Nelson Mandela, ano passado, que teve o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, como protagonista. Ao lado do premiê britânico, David Cameron, e da primeira ministra da Dinamarca, Hele Thorning Schmidt, Obama foi flagrado pousando para foto e recebeu muitas críticas.

Ronaldinho Gaúcho deixa vizinhos aliviados ao colocar casa à venda

  • Fabíola Reipert
  • 17 Ago 2014
  • 16:17h

Mansão de Ronaldinho Gaúcho, no Rio, está à venda por R$ 15 milhões (Foto: Divulgacão)

Ronaldinho Gaúcho não vai deixar saudade no condomínio Santa Mônica, na Barra da Tijuca, no Rio. O jogador colocou sua luxuosa mansão à venda (por R$ 15 milhões). Muito barulhento, ele incomodava a vizinhança, que vivia reclamando e chamando a polícia. As festinhas cheia de marias chuteiras desinibidas iam até de manhã com pagode no último volume.

Brasileiro vai à Justiça para tentar impedir uso do aplicativo Secret no país

  • Marcella Franco, do R7
  • 17 Ago 2014
  • 14:31h

(Foto: Reprodução)

Era para ser algo divertido, mas o consultor de marketing Bruno de Freitas Machado não vê mais graça nenhuma no aplicativo Secret, que permite que seus usuários compartilhem segredos anonimamente entre sua agenda de telefones e lista de amigos do Facebook. Machado é apenas uma entre as muitas vítimas que vêm se manifestando contra o app desde o seu lançamento no Brasil, em maio deste ano. A diferença, no entanto, é que ele resolveu levar a queixa às últimas consequências e entrar na Justiça contra Google e Apple para pedir que o Secret seja banido das lojas virtuais.

Era para ser algo divertido, mas o consultor de marketing Bruno de Freitas Machado não vê mais graça nenhuma no aplicativo Secret, que permite que seus usuários compartilhem segredos anonimamente entre sua agenda de telefones e lista de amigos do Facebook.


Machado é apenas uma entre as muitas vítimas que vêm se manifestando contra o app desde o seu lançamento no Brasil, em maio deste ano. A diferença, no entanto, é que ele resolveu levar a queixa às últimas consequências e entrar na Justiça contra Google e Apple para pedir que o Secret seja banido das lojas virtuais.


Segundo sua advogada, Gisele Arantes, do escritório Assis e Mendes Advogados, o consultor de marketing, de 25 anos, teria sido exposto de maneira vexaminosa no aplicativo — foram espalhadas fotos suas em que ele aparece nu, e compartilhadas informações que, entre outras calúnias, dariam conta de que ele participaria com frequência de orgias, além de ser portador do vírus HIV.


Na última terça-feira (12), houve um despacho do juiz responsável pelo caso determinando que, por se tratar de um interesse individual, a eliminação do aplicativo não seria possível. A advogada de Bruno, no entanto, se diz otimista com o futuro da ação.


— Entendemos que o juiz tenha agido com grande cautela, o que não é condenável e já era esperado por esta equipe, considerando que estamos tratando de um caso de grande impacto para a sociedade, contra duas gigantes da internet, e, principalmente, porque se trata um caso extremamente novo para o Judiciário, o primeiro desta dimensão e baseado no Marco Civil.


O Marco Civil da Internet é a lei aprovada em abril passado no Senado Federal e sancionado pela presidente Dilma Roussef que regula o uso da internet no Brasil prevendo direitos e deveres aos usuários da rede.


Gisele explica que a ação busca impedir que novos usuários baixem o Secret, e que aqueles que já o fizeram sejam impedidos de usá-lo. Para ela e seu cliente, o aplicativo viola a Constituição Federal em relação ao anonimato, e também o Código de Defesa do Consumidor, já que seus termos de uso e políticas não são apresentados em português.


A advogada informa que, ainda que com uma primeira resposta pouco produtiva da corte, já está “adotando outras medidas”.


— Além de tentarmos reverter esta decisão, seja com o próprio juiz, seja no Tribunal de Justiça, também atuaremos junto ao Ministério Público e por outras frentes, buscando o mais rápido resultado no sentido de cessar a utilização do aplicativo que tem gerado inúmeras vítimas, com destaque para bullying (leia matéria aqui), pornografia infantil, ofensa à honra com divulgação não autorizada de fotos e comentários ofensivos e constrangedores. 

CONTINUE LENDO

Brasileira vence World Beauty Fitness & Fashion

  • EGO
  • 17 Ago 2014
  • 13:58h

Bella Falconi (Foto: Reprodução/ Instagram)

Bella Falconi levou a melhor e ficou com o 1º lugar no World Beauty Fitness & Fashion - concurso fitness que aconteceu neste fim de semana em Las Vegas. No Instagram, ela postou a foto de seu troféu e fez um pedido gastronômico: "cheesecake"."Não tenho palavras para expressar minha gratidão por ter conquistado o título de WBFF Pro, mas acima de tudo, sou imensamente grata a todas as minhas lutas, as quais me tornaram a mulher forte que sou. Agora eu entendo o significado de 'o fácil não tem graça', porque ninguém nunca aprende nada sem que haja obstáculos. As nossas dificuldades nos tornam campeões e as dificuldades, definitivamente, moram fora da nossa zona de conforto. (...) Agora, cheesecake pelo amor de Deus", escreveu ela. Bella ainda ficou com o prêmio de melhor fantasia da noite.

A alternativa comunitária no jornalismo contemporâneo

  • Por Carlos Castilho | OI
  • 17 Ago 2014
  • 08:33h

(Foto Ilustrativa)

Cento e trinta profissionais perderam seus empregos na Rede Brasil Sul (RBS), parceira da Rede Globo no sul do Brasil. E nos Estados Unidos, a Associação Americana de Editores de Jornais (ASNE) revelou que 1.300 jornalistas norte-americanos foram demitidos por empresas jornalísticas durante o ano de 2013. Os dois fatos mostram a manutenção da tendência das empresas de comunicação em cobrir perdas operacionais com o enxugamento de redações, uma política que já foi comparada inúmeras vezes ao ato de dar um tiro no próprio pé. Já se tornou um lugar comum afirmar que a minimização das redações e a substituição de profissionais experientes por recém-formados implica uma queda de qualidade na produção jornalística, o que inevitavelmente se reflete na perda de leitores e redução da receita dos jornais e revistas.

 

Cento e trinta profissionais perderam seus empregos na Rede Brasil Sul (RBS), parceira da Rede Globo no sul do Brasil. E nos Estados Unidos, a Associação Americana de Editores de Jornais (ASNE) revelou que 1.300 jornalistas norte-americanos foram demitidos por empresas jornalísticas durante o ano de 2013. 


Os dois fatos mostram a manutenção da tendência das empresas de comunicação em cobrir perdas operacionais com o enxugamento de redações, uma política que já foi comparada inúmeras vezes ao ato de dar um tiro no próprio pé. Já se tornou um lugar comum afirmar que a minimização das redações e a substituição de profissionais experientes por recém-formados implica uma queda de qualidade na produção jornalística, o que inevitavelmente se reflete na perda de leitores e redução da receita dos jornais e revistas.


No caso americano, o desemprego entre jornalistas no ano passado foi menor do que em 2012, quando chegou a 2.600 demitidos em 12 meses. Mas se tomarmos em conta os números desde 1989, a redução do número de empregos em redações jornalísticas nos Estados Unidos chega a espantosos 35%, um índice que a própria ASNE considera preocupante.


A insistência no recurso à redução da força de trabalho nas redações mostra a dificuldade dos executivos de empresas jornalísticas em aceitar o ajuste de expectativas financeiras nesta transição da era analógica para a digital no setor da informação e comunicação. Acostumados a lucros líquidos da ordem de até 30%, os donos de conglomerados jornalísticos qualificaram inicialmente como transitória a queda abrupta de lucratividade na virada do século; com isso, perderam tempo precioso para ajustar-se à nova realidade e agora ficaram sem reservas para enfrentar a mudança que é permanente e irreversível.


Ninguém tem ainda uma fórmula para resolver a crise do modelo de negócios das empresas, mas os jornalistas demitidos já começam a vislumbrar alternativas e elas se concentram em duas áreas: os nichos informativos especializados e o jornalismo comunitário. Nenhuma delas oferece salários milionários, mas pelos dados mais recentes, especialmente nos Estados Unidos e na Europa, os profissionais estão mais preocupados em explorar novas oportunidades do que com o contracheque.


Os nichos informativos são atraentes na medida em que o profissional pode explorar de forma individual – ou com um reduzidíssimo número de parceiros – a experiência, dados, informações e contatos acumulados durante o trabalho em redações. Muitos estão vendendo matérias jornalísticas para as mesmas empresas que os demitiram. O problema é que a consolidação financeira de um nicho informativo demora tempo, o que vai exigir paciência e uma poupança prévia para sobreviver. Mas depois de consolidado, o nicho informativo é financeiramente estável, como demonstram os casos de profissionais que renunciaram a empregos sólidos para criar o seu próprio negócio.


Mas a maioria dos desempregados está procurando uma forma social de sobreviver à perda do emprego com garantias trabalhistas. Trata-se do jornalismo comunitário, uma tendência em franca ascensão na imprensa norte-americana, alimentada pela emergente preocupação das pessoas em resolver problemas locais diante da ineficiência e gigantismo da máquina administrativa estatal. O ressurgimento da pequena imprensa local, que está sendo estudado aqui no Brasil pelo projeto “Grande Pequena Imprensa”, do Instituto Projor/Observatório da Imprensa, gerou um aumento da vendagem das publicações locais da ordem de 2,78% em 2013, apesar da crise na indústria da comunicação jornalística.


Em agosto deste ano, a Columbia Journalism Review identificou um forte crescimento no número de iniciativas de jornalistas na captura, processamento e análise de dados municipais, um filão do jornalismo em base de dados que estava inexplorado. Esta emergente tendência revive a ênfase no patrulhamento das gestões municipais diante da preocupação dos cidadãos com a aplicação dos recursos pagos em impostos.


Ainda segundo a CJR, jornais locais como o The Plain Dealer, da cidade de Cleveland, no estado de Ohio (EUA), já produzem quase metade de sua pauta diária de notícias a partir da análise de dados da prefeitura. A produção de notícias a partir de estatísticas está sendo realizada essencialmente por profissionais recém-formados e por jornalistas experientes, uma combinação de talentos que tem se revelado fundamental para o aumento dos acessos ao site do jornal e na vendagem em bancas.


Na Holanda, o jornal Dichtbij transformou-se num fenômeno do jornalismo local ao acumular lucros nos últimos dois anos, apesar do ceticismo dos executivos centrais do conglomerado Telegraaf Media Group (TMG), que controla a publicação. Criado em 2010, o Dichtbij, um dos 44 jornais locais do grupo, foi deficitário até 2012, quando passou a colher os frutos de uma controvertida estratégia publicitária. O jornal oferecia dois anos de publicação grátis para anunciantes se eles firmassem um contrato de cinco anos, os três últimos com pagamentos mensais.


Hoje o Dichtbij tem 30 funcionários, metade deles jornalistas, e deixou de ser um peso dentro das finanças do TMG, cujos executivos já começaram a copiar o mesmo esquema para outros jornais locais do grupo.


Aqui no Brasil o jornalismo comunitário ainda é pouco valorizado, apesar da experiências significativas como O TREM Itabirano, em Itabira, Minas Gerais ou o Voz de Rio das Pedras, no Rio de Janeiro. Há várias outras iniciativas que ainda não ganharam relevância nacional por falta de circulação de informações sobre o segmento. A troca de experiências neste segmento é vital para a sobrevivência das publicações porque todas podem aprender com os erros e sucessos mútuos.


Para os jornalistas desempregados no Brasil, a alternativa da imprensa comunitária pode ser bem mais do que a busca de uma nova fonte de renda. Pode ser a reinserção da profissão na utilização da notícia na produção de conhecimento socialmente relevante e com ele gerar mais capital social capaz de alavancar o desenvolvimento socioeconômico de comunidades sociais. 

CONTINUE LENDO

Comportamento: Pavio curto, eu?

  • BU Curiosidades
  • 17 Ago 2014
  • 08:09h

(Foto: Reprodução)

As pessoas de pavio curto são aquelas que perdem o eixo facilmente, e são naturalmente incomodadas com tudo e com todos. A personalidade de uma pessoa de pavio curto também envolve características como impulsividade, forte reação negativa, irritabilidade exagerada e raiva. Também é comum ouvir que pessoas com pavio curto apresentam mau humor, falta de paciência, pessimismo, afastamento social e dificuldades de relacionamento. Se você se familiarizou com algumas destas características, saiba que você tem grandes chances de ser um exemplo clássico de pavio curto. Quem tem essa personalidade, normalmente, fica frustado quando suas expectativas não são alcançadas, apresenta grande ansiedade e tem atitudes egoístas. Estas pessoas podem ter acessos de raiva e ira, podendo até desenvolver um lado agressivo. A irritabilidade excessiva da pessoa com pavio curto pode refletir também no aspecto físico, causando problemas de saúde como enxaqueca, problemas gástricos, estresse e problemas dermatológicos. Aquelas pessoas apontadas como pavio curto são negativas, buscam o alívio imediato da raiva e falam sem pensar. No fundo, estas pessoas são extremamente inseguras e vulneráveis. Para saber se você pode ser considerado um pavio curto, basta fazer uma auto-análise. Você é uma pessoa autoritária e está sempre criticando os outros? Você tem explosões de raiva e age por impulso? Você se considera uma pessoa chata e impaciente? Se você respondeu sim para a maioria das perguntas, é muito provável que você seja um cidadão ou cidadã de pavio muito curto. Estas características podem tornar a vida de uma pessoa insuportável. Por isso, é importante buscar uma terapia para tentar resolver questões referentes a própria personalidade e trabalhar a tolerância e a paciência. Deixe de lado a tensão e fique atento ao próprio comportamento. Analise os efeitos negativos do seu comportamento e tente mudá-lo. Esta atitude facilitará sua adaptação social e evitará que a sua postura prejudique suas relações afetivas e profissionais. 

Suicídio de escritora de sucesso de livros de auto-ajuda ainda repercute no mundo

  • Da Redação
  • 11 Ago 2014
  • 08:00h

(Composição: Brumado Urgente)

A morte da escritora e apresentadora de programas de auto-ajuda na TV, a coreanaChoi Yoon-Hee, que aconteceu no início do mês de agora ainda repercute no mundo . Ela escreveu mais de 20 livros de auto-ajuda e se converteu para os coreanos na máxima perita na difícil missão de alcançar a felicidade. Entretanto, uma depressão levou-a tragicamente ao suicídio junto ao seu marido. Conforme informam várias agências de imprensa, Yoon-Hee –também conhecida como a “sacerdotisa da felicidade” – enforcou-se junto com seu marido na habitação de um motel de Goyang, ao norte do Seul. Yoon Hee tinha 63 anos e era uma estrela da televisão coreana. Seu marido tinha 72 anos. Em uma carta difundida pela polícia, a escritora revelou que nos últimos dois anos adoeceu e se desculpou com seus familiares e amigos por decidir suicidar-se. “Tive um momento muito difícil porque sofro do pulmão e do coração”, escreveu para surpresa de seus seguidores. Em seus livros de auto-ajuda, a escritora pregoava fórmulas para alcançar a felicidade e a esperança no país desenvolvido que conta com a taxa de suicídios de mulheres mais alta do mundo e a segunda mais alta para os homens, depois do Japão.

Fenômeno: Super Lua deste domingo (10) será a mais bela dos próximos 20 anos

  • Galileu
  • 09 Ago 2014
  • 16:36h

(Composição Brumado Urgente)

Admiradores da lua não podem deixar de contemplá-la no próximo domingo, dia 10 de agosto: nosso satélite natural estará 30% mais brilhante e 14% maior do que o normal. O fenômeno é conhecido popularmente como superlua, e ocorre quando o astro atinge sua fase cheia próximo ao perigeu, o ponto da órbita lunar localizado mais próximo da Terra. O motivo desse tipo de aproximação é o formato elíptico da órbita, que fica 50 mil quilômetros mais perto do nosso planeta no perigeu em comparação com o apogeu, o ponto mais distante. O evento da superlua não é raro – acontece a cada 14 meses, mas desta vez a diferença entre o perigeu e a lua cheia será mínima, de apenas 27 minutos. Segundo o astrofísico Gustavo Lanfranchi, isso só deve se repetir daqui a 20 anos. 

Admiradores da lua não podem deixar de contemplá-la no próximo domingo, dia 10 de agosto: nosso satélite natural estará 30% mais brilhante e 14% maior do que o normal. O fenômeno é conhecido popularmente como superlua, e ocorre quando o astro atinge sua fase cheia próximo ao perigeu, o ponto da órbita lunar localizado mais próximo da Terra. 


O motivo desse tipo de aproximação é o formato elíptico da órbita, que fica 50 mil quilômetros mais perto do nosso planeta no perigeu em comparação com o apogeu, o ponto mais distante. O evento da superlua não é raro – acontece a cada 14 meses, mas desta vez a diferença entre o perigeu e a lua cheia será mínima, de apenas 27 minutos. Segundo o astrofísico Gustavo Lanfranchi, isso só deve se repetir daqui a 20 anos.

 
 

“Mesmo assim, em 2034 o evento não será muito próximo do início da noite, vai ser em torno de 22h”, esclarece Lanfranchi. Em junho do ano passado, o fenômeno ocorreu por volta das 11h da manhã. Neste domingo, o perigeu será às 17h43 e a lua cheia às 18h10, o que gera uma situação praticamente perfeita para a observação, se as condições climáticas colaborarem. “O tamanho da lua perto do horizonte parece maior, por isso o efeito vai ser bem mais intenso”, diz.


Ao longo da noite, conforme nosso satélite natural for ficando mais alto no céu, a impressão vai se perdendo, por isso o horário ideal para a contemplação será no fim da tarde. Se no dia você estiver em alguma região rural, procure observar a lua ao fundo de alguma árvore: ter algum ponto de referência parece amplificar a percepção de tamanho. O mesmo vale para cidades, com suas casas e prédios, que dão um charme especial para a cena. “Se você for ver as fotos de superlua, as mais bonitas são aquelas com construções por perto”, aponta o astrofísico.


Caso se interesse pelo assunto, confira e tenha por perto esta tabela do Observatório Astronômico de Lisboa. O órgão informa detalhadamente, entre outros dados, o dia e hora exatos de todas as superluas até 2050, discriminando os horários de lua cheia e perigeu lunar. Os fenômenos mais promissores estão grifados em vermelho.

CONTINUE LENDO

Rival do WhatsApp, Viber é usado por 17 milhões de brasileiros

  • VEJA
  • 06 Ago 2014
  • 16:16h

(Divulgação)

O Viber, concorrente do WhatsApp, anunciou nesta quarta-feira que sua base alcançou a marca de 400 milhões de usuários ativos globalmente. No Brasil, 17 milhões de pessoas utilizam o aplicativo ao menos três vezes por semana.    Segundo dados divulgados pela Rakuten, grupo japonês do setor de tecnologia e dona do Viber, o número de contas cadastradas em todo o mundo é de mais de 600 milhões. Há seis meses, a base global do app era de 200 milhões. O Brasil também registrou alta no último semestre. Em dezembro de 2013, informa a empresa com sede em Tóquio, o número de usuários ativos do app era de 8 milhões. "O nosso crescimento é alimentado principalmente pelo boca-a-boca. Entre os diferenciais do Viber estão a versão para computadores, grupos de mensagens com maior capacidade de usuários e promoções de ligações gratuitas para números de telefone", diz Luiz Felipe Barros, diretor geral do Viber no Brasil. O Viber foi comprado pela Rakuten por 900 milhões de dólares em fevereiro. O objetivo é concorrer em pé de igualdade com o WhatsApp, líder no segmento de mensagens instantâneas, cuja base de usuários ativos — pessoas que usaram o app ao menos uma vez no mês — é de 500 milhões.

Conheça cinco erros cometidos ao acordar que diminuem a disposição durante o dia

  • Extra
  • 04 Ago 2014
  • 10:04h

(Foto: Reprodução)

Tão essencial para o bem-estar quanto comer adequadamente e se hidratar, dormir é fundamental para o equilíbrio do organismo. Além da qualidade do descanso, a maneira de acordar o corpo também influencia na disposição para o trabalho. Alguns erros cometidos ao dormir e ao despertar podem piorar o ritmo do corpo e o bom humor durante o dia. Na preparação para dormir, o corpo sofre uma baixa de temperatura. Ao longo da noite, as fases de profundidade do sono se alternam, variando entre momentos de relaxamento mais profundos até imersões mais superficiais repetidamente. Para acordar, a temperatura do corpo volta a crescer aos poucos e, com ela, o aumento da produção do cortisol. Este hormônio, responsável pelo estado de vigília, ajuda a tornar o corpo desperto e atento. Por isso, para garantir a disposição durante o dia, é importante manter o corpo aquecido e a concentração de cortisol em níveis suficientes. O tratamento da maior parte dos problemas como a insônia e de falta de disposição e cansaço durante o dia pode ser feito apenas com mudanças de comportamento. Conheça os 5 erros. 



 

Veja os cinco erros cometidos pela manhã que mudam a disposição durante o dia


Deixar o quarto escuro

Ficar no escurinho é aconchegante, mas cria um ambiente de mais preguiça e lentidão. O sol é um fator que colabora para o bom-humor, não é à toa que o verão é a estação mais alegre do ano. Por isso, a especialista indica que é importante sincronizar o corpo com o horário do dia, para ajustar o ritmo social. Para fazer isso, a recomendação é que se olhe para um lugar com muita luminosidade, sensibilizando as células como uma forma de avisar que é hora de despertar e acelerar o trabalho de forma positiva. Além disso, a temperatura quente do lado de fora ajuda a acelerar o aumento da temperatura corporal e por isso a concentração de cortisol. Abra as cortinas e a janela e esquente as turbinas!


Levantar depressa

Abrir os olhos e levantar logo em seguida com pressa para realizar atividades pode exigir demais dos músculos e provocar tontura, além de ser um sinal de ansiedade. A especialista recomenda que se faça um breve alongamento, como um espreguiçar, ao despertar por cerca de dez minutos. Erguer o corpo aos poucos evita também que o sangue circule rapidamente para as pernas e provoque o mal-estar da tontura.

Para aqueles que têm insônia, a psicóloga reforça que é importante desacostumar o corpo da possibilidade de ficar na cama sem dormir. Por isso, ao acordar, é importante evitar ficar deitado. Nada de cochilinho!


Deixar a ansiedade tomar conta

A correria do dia-a-dia faz com que já se acorde com a mente acelerada, exigindo velocidade e prontidão para dar conta de uma lista enorme de tarefas, sem atenção ao corpo. Segundo a psicóloga Silvia, este tipo de postura provoca um desgaste que com o tempo vai reduzindo a disposição para as atividades da rotina. Para ela é importante colocar um foco de atenção no corpo, percebendo as necessidades de relaxamento e desaceleração, caso seja necessário. Silvia sinaliza que algumas pessoas tendem a demorar mais para entrar no ritmo e por isso podem acordar um pouco mais cedo e fazer tudo um pouco mais devagar. Quinze minutinhos podem fazer diferença.

 

Ativar o despertador várias vezes

Precisar acordar às 7h e colocar o despertador para tocar desde às 6h30 pode ser pior do que se imagina. Segundo Silvia Conway, é possível que o estímulo sonoro interrompa uma fase mais profunda do sono, fragmentando um momento de relaxamento essencial para garantir o descanso e a disposição do dia seguinte. O ideal é que o alarme toque quando o corpo deve acordar e que a soneca não seja ativada.

Para aqueles que têm insônia a recomendação é ainda mais radical: dormir mais um pouquinho desregula ainda mais o sono, que fica ainda mais superficial. É preciso descansar nos horários certos e despertar no momento necessário.

 

Fazer exercícios em jejum

A psicóloga reforça que a prática de atividade física ajuda a acelerar a elevação da temperatura e faz com que o corpo fique mais rapidamente sintonizado e atento. O problema, segundo nutricionistas, é incluir a atividade física como mais uma tarefa feita na ansiedade e sem atenção e, por isso, feita sem a alimentação correta. Não tomar café da manhã antes de malhar ou correr prejudica não só a prática da atividade como o impulso energético do dia. Lembre que os chás verde, mate e preto, além do café são estimulantes que devem ser usados pela manhã e evitados à noite.

Silvia recomenda que pessoas que tenham insônia não tomem estimulantes em nenhum momento do dia. Elas devem procurar o tratamento adequado.


Por que as pessoas ficam mais mal humoradas na segunda-feira?


O mau humor e a falta de disposição do início da semana, especialmente na segunda-feira, têm justificativa no comportamento do sábado e do domingo. A psicóloga Silvia Conay analisa que estar insatisfeito com a vida e o trabalho fazem com que algumas pessoas sintam que apenas nos dias em que não trabalham estão de fato sendo felizes e, por isso, a segunda-feira representa o momento de lidar com as situações adversas. Além disso, a vida social agitada do fim de semana fazem com que normalmente se durma mais tarde e acorde mais tarde, desregulando o relógio biológico.


— Ao dormir mais tarde no domingo e precisar acordar no horário normal de trabalho na segunda, a pessoa fica privada de sono. E dormir pouco causa mau-humor mesmo — explica.


Segundo ela, a tendencia é que na terça-feira a situação melhore, já que uma noite de sono bem dormida é suficiente para recuperar o descanso e o relaxamente necessários para dar disposição para as atividades do dia seguinte.



 

CONTINUE LENDO

Guerra dos Sexos: Homens são bons em contas e mulheres em memória, diz estudo

  • Terra
  • 31 Jul 2014
  • 11:01h

Cérebros dos homens e das mulheres realmente possuem diferenças entre eles Foto: _DJ_ / Flicker

Cientistas comprovaram que os cérebros dos homens e das mulheres realmente possuem diferenças entre eles. Enquanto os homens são melhores em matemática, as mulheres têm a memória mais apurada. As informações são do Daily Mail. Segundo a publicação, pesquisadores dizem que, se ambos os sexos tiverem acesso aos mesmo níveis de ensino, essa diferença será altamente perceptível. O estudo analisou mais de 31 mil homens e mulheres com idades entre 50 anos ou mais, em 13 países diferentes. Todos foram submetidos a testes de inteligência. Os homens foram melhor nos testes de cálculos e as mulheres nos testes de memória. Nas questões relacionadas ao vocabulário, houve um empate. As diferenças podem ser explicadas de duas formas diferentes: ou existe uma verdadeira diferença biológica entre os cérebros masculinos e femininos, ou a forma como a sociedade trata cada um dos sexos interferiu no resultado e, consequentemente, nas habilidades cerebrais deles.

Fenômeno: Chuva de meteoros poderá ser vista na zona rural de Brumado e região

  • Informações de César Baima
  • 28 Jul 2014
  • 18:31h

(Arte: Brumado Urgente)

A chuva de meteoros Delta Aquarídeas atinge seu auge na noite desta segunda para terça-feira e o fenômeno poderá ser visto em Brumado e região. Como o nome indica, ela parece ter origem, o chamado radiante, próxima da estrela delta da constelação de Aquário, batizada Skat, que no Rio de Janeiro surgirá no horizonte Leste por volta das 20h desta segunda e ficará visível durante toda a noite. Além de um céu limpo, com poucas ou sem nuvens, para melhor observar o fenômeno é aconselhável se afastar das luzes das cidades e procurar um lugar escuro, como um sítio, fazenda ou mesmo uma estrada pouco movimentada. A previsão é de que as Delta Aquarídeas exibam cerca de 20 “estrelas cadentes” por hora.

A chuva de meteoros Delta Aquarídeas atinge seu auge na noite desta segunda para terça-feira e o fenômeno poderá ser visto em todo Brasil. Como o nome indica, ela parece ter origem, o chamado radiante, próxima da estrela delta da constelação de Aquário, batizada Skat, que no Rio de Janeiro surgirá no horizonte Leste por volta das 20h desta segunda e ficará visível durante toda a noite.


Além de um céu limpo, com poucas ou sem nuvens, para melhor observar o fenômeno é aconselhável se afastar das luzes das cidades e procurar um lugar escuro, como um sítio, fazenda ou mesmo uma estrada pouco movimentada. A previsão é de que as Delta Aquarídeas exibam cerca de 20 “estrelas cadentes” por hora.


As chuvas de meteoros são produzidas pela passagem da Terra por trilhas de detritos e poeira deixadas por objetos, em geral cometas, que cruzam a sua órbita em torno do Sol. No caso das Delta Aquarídeas, porém, os astrônomos ainda não conseguiram identificar definitivamente qual seria este objeto. As principais suspeitas recaem sobre o cometa 96P Machholz. Descoberto em 1986 pelo astrônomo amador americano Donald Machholz, o 96P Machholz é um chamado cometa de curto período, com uma órbita que o leva pouco além de Júpiter em seu afélio, isto é, ponto de maior distância do Sol, e o traz para mais perto que Mercúrio na maior aproximação de nossa estrela, o periélio, a cada cinco anos aproximadamente.


O auge das Delta Aquarídeas se segue ao pico de outra chuva de meteoros menor, as Alfa Capricornídeas, registrado no último sábado e também ainda visível no Brasil. Embora exiba apenas cerca de cinco “estrelas cadentes” por hora em seu máximo, as Alfa Capricornídeas produzem alguns dos maiores e mais brilhantes meteoros de todas as principais chuvas vistas no planeta, que se acredita serem fruto da quebra de metade do cometa 169P/NEAT há cerca de 5 mil anos. A maior parte dos detritos deste evento, no entanto, só deverá cruzar a órbita da Terra daqui a 300 anos. Assim, os cientistas esperam que as Alfa Capricornídeas se tornem a principal e mais prolífica chuva de meteoros no planeta entre 2220 e 2420


O pico das Delta Aquarídeas também precede o auge de uma das mais famosas e aguardadas chuvas de meteoros do ano, as Perseidas. Melhor observada no Hemisfério Norte, que está no verão, e apenas nas latitudes mais ao Norte do Brasil, as Perseidas deverão exibir até cem “estrelas cadentes” por hora este ano no seu auge, previsto para a noite de 12 para 13 de agosto. Este ano, porém, a visão dos meteoros das Perseidas será atrapalhada por uma brilhante Lua cheia que também será a maior “superlua” de 2014. Este fenômeno é registrado quando a Lua atinge sua fase nova ou cheia próxima do perigeu, ponto em que está mais perto da Terra. Nestas ocasiões, sua circunferência parece 10% a 15% maior do que a vista no fenômeno inverso, a “microlua”, na qual a entrada da Lua nas fases cheia ou nova coincide com o apogeu, ponto em que está mais afastada do planeta.



 

CONTINUE LENDO